O ex-governador e ex-senador do Maranhão, João Alberto de Sousa, esteve na manhã de hoje (26), na sede da Superintendência de Combate à Corrupção (Seccor) atendendo a convite para esclarecer sobre uns canos que ele deu tem mais de dez anos para uma invasão em São Luís. Os canos teriam sido roubados da Caema.

Alberto, que é o presidente estadual do MDB, confirmou a compra dos canos e a doação para comunidade Santa Júlia, nas proximidades do Detran, na Vila Palmeira. Na Seccor, o político mostrou os recebidos de pagamento pelo material e foi dispensado.

O processo para descobrir quem roubou os canos da Caema prossegue, mas o nome do ex-governador ficou de fora das investigações.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.