Menos de 24 horas após o advogado Alex Ferreira Borralho ter protocolizado na Presidência da Republica, petição administrativa direcionada ao Presidente da República, solicitando tratamento igualitário para a visibilidade e acompanhamento, por todos os brasileiros, dos jogos da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, na Copa do Mundo de Futebol Feminino que ocorre na França, entre os dias 07 de junho e 07 de julho deste ano, recebeu referido causídico ofício do Gabinete Pessoal do Presidente da República, informando-o que a sua petição foi encaminhada aos Ministérios da Cidadania e da Economia, para fins de análise do pedido que busca tratamento de visibilidade igualitária entre as seleções masculina e feminina de futebol, com instituição de pontos facultativos nos dias dos jogos da mencionada copa.

Borralho registra que a sensibilidade demonstrada pelo Presidente da República, de procurar analisar de forma célere a petição que confeccionou, revela que a esfera pública tem a percepção de que a desigualdade de gênero no Brasil é algo que tem que ser combatido de forma imediata e eficaz, para que seja logo desenvolvido, principalmente nas novas gerações, a consciência da igualdade entre homens e mulheres nas relações pessoais, no trabalho, em escolas, em universidades, no esporte e no meio familiar.

“Fora o aspecto constitucional expressado na petição que elaborei, alcançar a igualdade de gênero é um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que formam um conjunto de metas a serem cumpridas até 2030, pelos 193 países que integram a Organização das Nações Unidas (ONU)”, esclareceu o causídico.

As duas outras petições formalizadas por Alex Borralho no Supremo Tribunal Federal e no Congresso Nacional, continuam sendo analisadas pelos respectivos presidentes dos dois poderes.

Clique aqui e confira a íntegra do ofício.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.