A direção regional do PSL decidiu frear no apoio à sua candidata para governadora, Maura Jorge. Motivo: a ex-prefeita, na sua própria cidade apoia dois candidatos que nem votam nela.

Mesmo sendo escolhida pelo partido como sua candidata ao Governo do Estado, com o apoio do candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro, a ex-prefeita de Lago da Pedra vem sendo acusada de traidora pelos seus companheiros de partido.

Maura Jorge, ao contrário de apoiar para estadual e federal membros do PSL, ela fechou com Fábio Macedo  e Aluísio Mendes. Ambos não irão votar e nem estão pedindo votos para a candidata do PSL. Macedo é apoiador de Flávio Dino e Mendes é cabo eleitoral de Roseana.

“É muita incoerência, falta de compromisso com o povo e ainda prega uma nova política, essa não cola mais!”, reagiu o presidente regional do partido, vereador Francisco Carvalho, depois de afirmar que a candidata “está perdida e sem rumo”.

Carvalho lembrou ainda que “em quatro anos este deputado nada fez por Lago da Pedra, ou seja, não merece mais o voto do eleitor lagopedrense”, referindo-se a Fábio Macedo.

Para o dirigente do PSL, Maura Jorge vai apoiar dois candidatos que nem nela irão votar e concluiu que “essa ninguém vai engolir”.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.