Em contato com o autor deste blog, por telefone, o delegado e ex-secretário de Segurança Pública Marcos Affonso Júnior, confirmou que se afastou das funções que vinha exercendo na Polícia Civil do Maranhão por motivo de saúde. No entanto, negou que estivesse sofrendo perseguição do atual governo.

Segundo Marcos Affonso, o pedido de licença, por um período de três meses, se deu em razão do estresse inerente à atividade que exerce. O delegado informou que há 10 anos não tirava férias e que solicitou o benefício à Secretaria de Segurança Pública para descansar.

Mestrado

Aprovado recentemente em um curso de mestrado, o delegado afirmou que o afastamento lhe proporcionará o tempo necessário para se preparar para a nova etapa de estudos.

Marcos Affonso contou, ainda, que depois de quase três décadas de carreira policial, está em vias de dar entrada em seu processo de aposentadoria e que em 2019 já terá direito ao benefício.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.