Já não chega a ser assim tão cômoda a posição do governador Flávio Dino no projeto de reeleição. Fora do Brasil por alguns dias, mas antes de sair ele teve acesso aos números da mais recente pesquisa contratada por uma fundação nacional de renome sobre a sucessão estadual no Maranhão. O blog também teve acesso, mas não pode divulgar pelo fato da pesquisa não ter sido registrada junto ao TRE-MA. 

O que era antes sinal de que a vitória estaria garantida com folga no primeiro turno, começa a mostrar uma mudança no cenário a cada dia que passa, embora a situação de vantagem para Flávio Dino seja real.

Antes, a cada semana o governo ia ao orgasmo com a publicações de resultados de pesquisas por institutos mais conhecidos, como o Exata, por exemplo. Hoje, a empresa não tem mais feito levantamento. Existem comentários de que não estaria recebendo por não aceitar forjar resultados.

Por último, um instituto aqui, outro acolá, sem muita expressão ou conhecimento se arrisca a concluir que o governador tem 70% de aprovação e que ganha a eleição no primeiro turno com diferença de 33% para o segundo colocado, no caso Roseana Sarney. Talvez, nem Cristo acredita.

Os números da mais recente pesquisa feita para consumo interno, farão o governador refletir a promover algumas mudanças no rumo do projeto pessoal. Uma delas será buscar lideranças que migraram para candidaturas adversárias.

É aguardar e conferir!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.