O site O Antagonista publicou hoje sobre a possibilidade da ministra Cármen Lúcia (foto abaixo) renunciar a presidência do Supremo Tribunal de Justiça em caso dos colegas ministros insistirem na avaliação imediata pelo plenário do STF para derrubar a prisão de condenados em segunda instância.

Nos últimos dias, um grupo de ministros vem querendo colocar logo em pauta um novo julgamento de uma decisão já tomada em 2016 que determina a prisão de quem foi condenado em segunda instância, como é o caso de Lula da Silva e vários outros políticos.

Ela teria informado para pessoas mais próximas a possibilidade de renunciar ao cargo de presidente do STF. O último a tomar essa decisão foi o ministro Joaquim Barbosa, que encerrou o mandato antes do tempo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.