O senador Roberto Rocha, sem sombras de dúvidas, é um excelente nome para ser governador do Maranhão e uma das melhores opções que o cenário atual apresenta, Porém, problemas familiares de saúde podem levá-lo a desistir da disputa. Se confirmado, o seu partido, o PSDB, deve apoiar o nome do deputado estadual Eduardo Braide.

Os problemas de familiares impedem que Rocha tenha tempo suficiente para entrar numa campanha que, -diga-se de passagem, será umas das mais duras, com candidatos do peso de Flávio Dino, Roseana Sarney e Eduardo Braide.

Não tem nada confirmado se o senador vai renunciar, como fez em 2002 em favor de Jackson Lago pensando nos interesses maiores do Maranhão. Rocha não é vaidoso e muito menos egoísta.

Com um pé no DEM, Braide  tem se movimentado nas últimas semanas e agora mais ainda com o rompimento do deputado federal José Reinaldo Tavares com Flávio Dino. Ele vai ganhar musculatura partidária e terá acrescido mais outras siglas ao seu projeto nas próximas semanas.

Existe, inclusive, articulação para trazer a ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge para o PSDB, a fim de que seja a vice na chapa de Roberto Rocha ou de Braide que estará no DEM.

Hoje, não é seguro afirmar qual o cenário mais preciso no quadro da sucessão estadual do Maranhão . Mas é garantido dizer que a saída de Zé Reinaldo do convívio de Flávio Dino abalou as estruturas do Palácio dos Leões e o projeto de reeleição do governador.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.