A mulher de Curitiba que foi agredida em um hotel aqui da capital disse na delegacia que o amante e agressor, o conhecido coach de relacionamento Fabiano Goes (foto abaixo), tinha mesmo a intenção de matá-la. Ele é casado em São Luís com uma promotora de Justiça, com quem tem um filho de um ano, mas mantinha desde agosto do ano passado um romance com a curitibana. Depois de tentar o assassinato por estrangulamento, ela desmaiou e ele deixou o hotel correndo imaginando que a amante estava morta. 

Com quatro formações; dentre elas Direito, Psicologia, Sociologia, Goes atuava mesmo como neuropiscanalista, tratando de pessoas com relacionamento amoroso em crise. Foi assim que ele conheceu pela internet a mulher de Curitiba, que pediu para a polícia que não fosse identificada. Ele aconselhou o fim do relacionamento da cliente com o namorado.

Depois em que ela ficou solteira, o coach de relacionamento passou a ter um caso com a mulher e ia ao Paraná passar uns dias com ela. Aqui em São Luís ele dizia para a esposa que havia montado um escritório em Curitiba. Como ele não ficou com ela no período de carnaval, desconfiada, a amante resolveu viajar para a nossa capital.

Em aqui chegando, a curitibana soube da verdadeira história e ameaçou mandar fotos e contar tudo para a esposa de Fabiano Goes. Então, ele se deslocou até o hotel onde ela estava hospedada e tentou matá-la, conforme a vítima relatou em depoimento à polícia. Informou ainda que passou dois dias internada em um hospital aqui na ilha e depois foi registrar o caso na Delegacia da Mulher. Ao portal G1, ele negou as agressões.

Bastante conhecido, inclusive participa de alguns programas de emissoras de TVs em São Luís, Goes tem um canal no You Tube com mais de 120 mil inscritos. A mulher disse ainda que depois do caso se tornar público, várias pessoas informaram que também tiveram relacionamento com ele, que sempre mostrava ser solteiro.

Ele não usava alianças e nunca postava em suas redes sociais sua condição de casado e muito menos fotos com a família. Esqueceu apenas que mentiras têm pernas curtas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.