O governo comunista instalado no Maranhão desde 2015, encontrou depositado nas contas do Fepa (Fundo Estadual de Pensão e Aposentadora do Maranhão) cerca de R% 1,1 bilhão. Agora, o saldo é de apenas R$ 500 milhões, podendo comprometer o fundo. 

A denúncia foi feita pelo deputado estadual Adriano Sarney (foto acima), na tarde de hoje na Assembleia Legislativa. Para o parlamentar “”Flávio Dino desfalcou o Fepa, o que é um crime”.

Para Adriano, Flávio Dino é um governo caloteiro e citou como exemplo o não pagamento para prestadores de serviços, emendas parlamentares e outros.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.