Os boatos espalhados na avenida Litorânea, no sábado, dia 14,  de que um policial havia atirado e morto um suposto bandido, quando o corpo ainda agonizava no asfalto, já demonstrava a intenção clara de proteger o agente da Seic, autor do covarde assassinato. José Carlos Silva Verde, agente da Polícia Civil, lotado numa especializada que tem o dever de fazer as investigações criminais, já atuou como segurança do governador Flávio Dino pelas andanças no interior do Maranhão.

Talvez, por isso, tenha tido seu nome preservado do conhecimento público e nada das investigações chegarem nem mesmo ao advogado da vítima. O policial disse apenas que matou por engano Ademar Moreira Gonçalves, esquecendo de prestar socorro à vitima e outros detalhes que a polícia tem a obrigação de apurar.

A Associação dos Servidores do Ibama encaminhou uma nota ao blog relatando como tudo aconteceu; confira abaixo:

Nós servidores do Ibama, solicitamos a postagem em seu blog, pois desde o ocorrido tem informado, sobre o caso. Pedimos por justiça ao nosso servidor a publicação de nossa nota.

Obs: o Blog do Luis Cardoso informa que a postagem acima vem sendo denunciada ao Facebook e removida automaticamente por ser marcada como spam. 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.