A Limpfort, empresa que recolhia lixo nas áreas de classe média de São Luís, deve ingressar na Justiça contra a decisão da Prefeitura da capital, que resultou na quebra de contrato.

A empresa alega que tem R$ 12 milhões para receber da Prefeitura, referentes a quatro meses de recolhimento do lixo.

O município estaria se recusando a pagar a dívida e teria forçado a quebra de contrato.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.