As broncas a que terão que responder o empresário Alessandro Martins e sócios, donos da Euromar e outros negócios, não ficam apenas na compra de veículos para locação e, na verdade, vendas de automóveis sem documentação combrobatória para uso particular.
A oficina da concessionária servia, também, para clonagem grosseiramente tipificada.
Um exemplo:veículos Fox eram transformados em Cross Fox dentro da oficina da Euromar. Automóveis 1.0 rapidamente eram elevados à categoria de 2.0. Pirataria de última geração.
Martins não tem a menor preocupação. Deu muitos “presentes” para membros importantes do Judiciário, Legislativo e Executivo.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Alexandre de Moraes será relator de ação que aponta nepotismo em 14 nomeações para secretarias, Assembleia ...
Por Alex Ferreira Borralho “São João da Thay”. O que é isso? Seria uma tentativa de ...
Foi assassinato na tarde desta sexta-feira (14) o empresário Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como “Pacovan” ...
A Assembleia Legislativa do Maranhão realizou, nesta quinta-feira (13), uma sessão solene para conceder a Medalha ...
Na manhã desta quinta-feira(13), a desembargadora do Tribunal de Justiça - Marcia Cristina Chaves deferiu, liminarmente, ...
O Centro Histórico de São Luís sempre abrigou pontos de festejos juninos e se destacava pelas ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.