Depois de observar posturas contrárias à manutenção da Verba Indenizatória, o presidente do Senado Federal, José Sarney, passou a defender o fim da “ajuda” para custos adicionais.
E Verba Indenizatória, como afirmei em post anterior, é um mecanismo para aumentar a receita dos parlamentares.

Sarney tem razão. A Verba Indenizatória é imoral.
No Congresso Nacional, tal “ajuda” serve para bancar despesas com custos de combustíveis, hospedagem, alimentação, impressos e assessorias em geral.
No caso da Câmara Municipal de São Luís, não existem impressos, hospedagem e gastos com locomoção. Só com alimentação. A gula dos “nobres” vereadores é insaciável.
Na Assembléia Legislativa, que oferece o mesmo benefício, a Indenizatória beira ao rídiculo. Tem deputado que mora em São Luís e tem gastos com locomoção e hospedagem que vão além do aceitável.
É hora, portanto, de eliminar esse benefício que só engorda a renda dos parlamentares.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Por Alex Ferreira Borralho “São João da Thay”. O que é isso? Seria uma tentativa de ...
Foi assassinato na tarde desta sexta-feira (14) o empresário Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como “Pacovan” ...
A Assembleia Legislativa do Maranhão realizou, nesta quinta-feira (13), uma sessão solene para conceder a Medalha ...
Na manhã desta quinta-feira(13), a desembargadora do Tribunal de Justiça - Marcia Cristina Chaves deferiu, liminarmente, ...
O Centro Histórico de São Luís sempre abrigou pontos de festejos juninos e se destacava pelas ...
Corpos foram encontrados na manhã de quinta-feira (13), nas praias de Panaquatira e da Ponta Verde ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.