É provável que o ex-ministro do STJ, Edson Vidigal esteja em Brasília. Na quarta-feira, Vidigal embarcou para a capital federal irado com mais um gesto de menosprezo praticado pelo governador Jackson Lago e por toda a cúpula da PM contra sua esposa, a secretária de Segurança Cidadã, Eurídice Vidigal.

Passado o episódio do pedido de vistas do processo de cassação do mandato do governador maranhense pelo TSE, o casal foi para São Paulo. Vidigal, que é amigo do ministro Félix Fischer, autor do pedido de vistas, exerceu papel importante no adiamento do julgamento, conforme deixou claro para alguns amigos a própria secretária de Segurança.

No seu retorno a São Luís, o casal foi tomado de surpresa com as promoções de cinco coronéis da PM executadas pelo governador e pelo atual comandante da PM, coronel Melo. Eurídice, que tinha compromissos em promover três militares, teve sua pretensão jogada no lixo.

Edson Vidigal, irritado com mais uma desmoralização, pediu para esposa entregar o cargo, no que não foi atendido. Daí a briga entre o casal e a viagem do marido. Vidigal saiu da terrinha avisando que não moverá mais uma palha pela permanência de Jackson Lago no cargo de governador.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assim como em todos os anos, o ex-prefeito Rovélio faz a festa do Dia das Mães ...
Engana-se quem acredita que o prefeito da cidade de Pinheiro, Luciano Genésio, não fará o seu ...
A Justiça Federal do MA condenou Edivânio Nunes Pessoa, ex-prefeito da cidade de Graça Aranha, a 382 ...
Iludido com falsos números de seguidores de suas redes sociais e achando que já faturou a ...
O caso segue sendo investigado pela polícia. O empresário Ocivando Lima Farias, de 39 anos, conhecido ...
Demorou! Novamente a Via Expressa volta a virar ponta de arrastão de assaltantes que tomam carros, ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.