No mesmo instante em que a bancada do PDT decidiu apoiar a candidatura de Tião Viana, o presidente do Senado Federal, Garbaldi Alves, declarava apoio ao nome do colega José Sarney.

Alves afirmou que abriu mão de sua candidatura pela unidade do PMDB e por entender que Sarney tem melhores chances para vencer Tião Viana do PT.

Garibaldi Alves desmentiu que negociou com Sarney a renúncia em troca do cargo de presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, mas garantiu que lutará por um alto cargo em uma das principais comissões da Casa.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.