Distante do Maranhão, o prefeito eleito de São Luís acompanha todos os passos para a formação da equipe da futura administração municipal. Recebe diariamente relatório da comissão de transição de governo. Alguns membros da transição serão aproveitados, enquantos outros preferem colaborar de fora da administração. Arlindo Cruz, que preside a comissão, deve ser o secretário de Planejamento, mas pode ficar na Fazenda Municipal, se for necessário. Na secretária de Governo, que será uma das mais fortes e atuantes da gestão, o cargo foi oferecido ao jornalists Othelino Neto. Por enquanto, nada definido. Neto é secretário do Meio Ambiente, onde desenvolve excelente trabalho.

Da equipe de transição, o economista Afonso Salgado pode ocupar a Pasta da Agricultura, mas é daqueles que preferem auxiliar o amigo Castelo sem exercer cargos oficiais. O nome do vereador José Joaquim subiu de cotação para dirigir a secretária de Obras, que deve ser fundida com a de Trânsito e Transporte. Para a Cultura, Castelo pretende conversar com as pessoas do meio, que demonstram preferência pelo nome de Euclides Moreira Neto. O nome do vereador Gutemberg também é lembrado para a Pasta.

Ao contrário do que vem sendo especulado, a turismóloga Luciana Lago, filha do governador Jackson Lago, não foi convidada e sequer aceitaria voltar a dirigir a secretaria de Turismo Municipal. Ela reside na Inglaterra, se aperfeiçoando mais ainda para o setor. O nome mais cotado, até o momento, é do ex-secretário de Turismo do Estado, na gestão de Zé Reinaldo Tavares, o economista Airton Abreu.  Na Secom municipal o martelo foi batido: vai assumir o jornalists Edwin Jinkles, profissional que passou por redações de jornais e soube, com competência, trabalhar a campanha de João Castelo.

Para a Guarda Municipal, o nome mais cotado é do coronel da PM, Odair, fruto da indicação do deputado Cléber Verde. Odair foi o vice na chapa de Verde, que apoiou Castelo no segundo turno. Na Pasta de Esporte, que será fundida com a da Juventude, tem grupo querendo emplacar o nome do jornalista Herbeth Fontinelle, mas corre por fora Augusto Telles, com a força do PDT. Na Agricultura, caso Afonso Salgado não aceite o convite, vai ficar mesmo o presidente do Diretório Municipal do PDT, Júlio França. Os demais cargos do segundo escalão serão divididos entre os partidos e lideranças políticas que apoiaram o prefeito eleito.    

     


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assim como em todos os anos, o ex-prefeito Rovélio faz a festa do Dia das Mães ...
Engana-se quem acredita que o prefeito da cidade de Pinheiro, Luciano Genésio, não fará o seu ...
A Justiça Federal do MA condenou Edivânio Nunes Pessoa, ex-prefeito da cidade de Graça Aranha, a 382 ...
Iludido com falsos números de seguidores de suas redes sociais e achando que já faturou a ...
O caso segue sendo investigado pela polícia. O empresário Ocivando Lima Farias, de 39 anos, conhecido ...
Demorou! Novamente a Via Expressa volta a virar ponta de arrastão de assaltantes que tomam carros, ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.