A Assembléia Legislativa fez audiência ontem para ouvir as explicações nada convincentes do presidente nacional do IBGE, Eduardo Nunes, sobre o resultado do censo 2007 no Maranhão. A audiência produziu, sim, resultados. O IBGE deve repensar ou corrigir alguns equívocos territoriais, como o deslocamento de povoados e até bairros inteiros para outros municípios.

Ausência I

O tema Censo 2007 no Maranhão é da maior importância para os municípios que se acham prejudicados com os resultados, principalmente São Luís.

Ainda assim, o prefeito Tadeu Palácio não mandou sequer um representante. Como se os R$ 20 milhões que São Luís perde por não ter hum milhão de habitantes, segundos os dados do IBGE, não valassem nada para a capital e sua gente.

Ausência II

Além do prefeito Tadeu Palácio, a maioria dos deputados não compareceu a audiência. Deixaram de fazer coro com seis parlamentares (César Pires, Maura Jorge, Mauro Jorge, Raimundo Cutrim, Rigo Teles e Eliziane Gama) para, pelo menos, mostrar a insatisfação dos políticos que representam o Maranhão diante dos resultados do IBGE.

A deputada Helena Heluy, que tanto reclama do esvaziamento das audiências, não deus as caras.

Fenômeno

No Maranhão, a média de eleitores por município é de 40%. Não é o caso de Poção de Pedras.

Lá, a população é de 15.840. E, pasmem senhores, o número de eleitores chega a 15.000. E o IBGE não diz nada.

Saúde

O chefe da Casa Civil, Aderson Lago, deve seguir para Goiás para tratamento de saúde. Nada de anormal. Precaução apenas.

Dono da rua

Um deputado estadual fez moda interrompendo o sono das outras pessoas. Agora é um coronel da PM que, em um Celta, na avenida Sete, do Turu, liga o volume do som lá nas alturas.

Reclamações foram feitas em dois distritos. Uma viatura foi até ao local e ao constatar que se tratava de um coronel, deu a ré e voltou para o DP.

Título

Quem assistiu ontem a exposição de motivos do presidente nacional do IBGE, Eduardo Nunes, sobre o resultado censo de 2007 no Maranhão, sentiu vontade de conceder o título de persona non grata ao tal cidadão. Além de cara de pau, é parente de Pantaleão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.