Até a postagem desta informação, a Polícia Federal ainda não havia localizada a prefeita de Nina Rodrigues, Iara Quaresma, e de Tufilândia, Marinalva Silva e João Teixeira Noronha, de Paulo Ramos.

Dos nove prefeitos com mandado de prisão pela PF, por conta da operação “Rapina”, de combate a desvio de recursos públicos em dezenas de municípios do Maranhão, foram presos Sônia Campos (Axixá) Mazin (Newton Bello), Luis Gonzaga Filho ( São Luís Gonzaga) Zé Tude (Araioses) Aldenir Santana Neves (Urbano Santos) e Cleomar Tema (Tuntun). Este último foi preso pela Polícia Rodoviária Federal, na cidade de São Francisco. O desvio, em 10 anos, segundo a Superintendência da PF no Maranhão, foi de R$ 1 bilhão. Nos últimos dois anos, ainda no nosso estado, prefeitos, secretários e contadores desviaram dos cofres públicos cerca de R$ 37 milhões.

Prisão de Temma

Às 13h30 deu entrada na Superintendência da PF o prefeito de Tuntun, Cleomar Tema, que é o presidente da Federação dos Prefeitos do Maranhão. Ele foi escoltado por policiais da PF após tentativa de fuga.

Presos

Cerca de 28 pessoas de uma total de 78 estão nas dependências da Superintendência da PF, no Anil. Boa parte será deslocada agora à tarde para o presídio de Pedrinhas por não possuir diploma de curso superior.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.