Estive ausente por alguns dias. Peço desculpas aos que acessam o blogger ligam diariamente para que minhas informações sejam postadas aqui. Ao que interessa:

Candidato

O ex-governador José Reinaldo Tavares se finge de morto quando o assunto é a sucessão do prefeito Tadeu Palácio. Porém, em conversas com amigos mais reservados, não esconde que aceita sim entrar na disputa, desde que tenha o apoio do prefeito da capital e do governador do Estado. Soube que teria estimulado um vereador de São Luís a fazer barulho em torno do seu nome. Na Assembléia Legislativa a missão ficou para o líder do governo, deputado Edivaldo Holanda. O parlamentar, que no primeiro momento topou a parada, ficou de pensar no caso.

O candidato de Rocha

O deputado federal Roberto Rocha é um dos principais incentivadores da provável candidatura de José Reinaldo Tavares em São Luís. Acredita o parlamentar que Tavares tem chances reais de ganhar o pleito. Seria, inclusive, uma forma de tirar o ex-governador da disputa ao Senado Federal, em 2010. O filho de Luiz Rocha quer disputar uma das duas vagas ao Senado Federal, o que seria o primeiro passo para disputar o cargo de governador, em 2014.

Acordo

Apesar dos conselhos contrários, o governador Jackson Lago vai mesmo democratizar a liberação das emendas parlamentares. A turma da oposição verá aprovadas as emendas, com a garantia de que os recursos serão liberados. A articulação, na Assembléia Legislativa, ficou por conta do deputado Edivaldo Holanda.

Sucessão de Evangelista

Embora tenha sido o articulador da oposição junto ao governo, o deputado Edivaldo Holanda ainda não tem o apoio da bancada da oposição para suceder o presidente João Evangelista. A turma do contra, até o momento, permanece fechada em torno do nome de Pavão Filho.

Na disputa

Com o jeito mineiro, o deputado Antônio Bacelar decidiu entrar na disputa para suceder João Evangelista. Vai à casa do presidente da Assembléia Legislativa, pelo menos, três vezes na semana. Sempre filando o café da manhã.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.