A deputada Eliziane Gama é protetora dos evangélicos desempregados. Conseguiu uma penca de empregos para os “irmãos” em um setor forte do governo estadual, emplacou o marido em um ISO da Assembléia Legislativa e ainda criou um tal de projeto “Fome e Sede de Justiça”, que abriga dezenas de evangélicos, mesmo sem trabalhar, no Vinhais.

Com essa ação humanitária, consegue salvar o seu salário integral de R$ 15 mil e mais de R$ 40 mil de verba indenizatória. Como diz Mateus: primeiro os meus.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.