Um motorista da Uber foi deixar agora à noite (06) uma passageira na Liberdade e quando e ia se dirigia para sair do bairro, foi interceptado por assaltantes. Tentou arrancar, mas foi baleado e morreu horas depois no Socorrão I.

Baleado pelos bandidos na região das costas, inclusive uma é adolescente, o motorista Edmilson Azevedo, que é evangélico, ainda tentou dirigir por alguns metros e bateu em uma árvore próxima do sinal que fica perto da Fribal, ao lado da antiga linha férrea. Ele dirigia um Corsa.

Em dezembro de 2018, dois motoristas do aplicativo da UBER foram assassinados quando trabalhavam, sendo um no Maracanã e outro no Coroadinho. Eles prometem uma manifestação para segunda-feira, dia o7.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.