Revoltados, moradores do Coquilho interditaram hoje o acesso da Construtora K2 para evitar a entrada dos funcionários. Familiares dos três adolescentes mortos por seguranças da empresa foram torturados antes de ser assassinados.

Desde cedo da manhã que familiares e moradores fizeram concentração na porta da K2 que constrói residências do programa Minha Casa Minha Vida no bairro Mato Grosso, ao lado do Coquilho.

Dois policiais envolvidos na chacina aos adolescentes na Zona Rural de São Luís

Três adolescentes são mortos quando catavam caranguejo na zona rural de São Luís

Para os moradores, é difícil imaginar que os seguranças tenham matado os menores sem a anuência dos dirigentes da construtora, que permanece em silêncio até agora e não se manifesta como se nada tivesse acontecido.

Três militares suspeitos

O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, informou que seriam três os policiais suspeitos de participação no episódio. Um deles deixou o celular cair ao lado dos corpos. As investigações prosseguem e, em caso de comprovação dos militares na chacina, eles serão expulsos dos quadros da PM, como informou o comandante geral, coronel Luongo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.