Com a apresentação de Patrick Sérgio Moraes Martins hoje, dia 05, segunda-feira, sob para nove o número de militares presos desde que foi desbaratada a organização criminosa. Lá estão soldados, sargentos, tenente major, coronel, além de um delegado de polícia.

O militar preso hoje prestou depoimento na Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor), foi anunciada a prisão e seguiu para o Quartel da PM, no Calhau.

O militar Jonilson Amorim continua foragido. Ele também é acusado de garantir a segurança das mercadorias contrabandeadas.

A população permanece curiosa em saber quais os dois deputados e um secretário estadual que usariam de influência em favor do bando, conforme relatou em conversa telefônica o principal chefe da máfia, o ex-vixe-prefeito de São Mateus, Rogério Garcia.

O secretário de Segurança mantém sigilo sobre os nomes, mas já adiantou que ninguém ficará impune.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.