Em entrevista coletiva hoje, quinta-feira (21), o governador Flávio Dino informou que as aulas nas instituições públicas e privadas não deverão voltar no dia 1º de junho, conforme decretado anteriormente.

Segundo Dino, não é possível o retorno às aulas por causa da covid-19 que ainda apresenta um quadro de instabilidade, embora na Grande Ilha tenha ocorrido um certo achatamento. Para o governador é temeroso permitir aglomeração em escolas e faculdades.

Ele lembrou que na Itália, que apresentava uma queda no avanço da disseminação do vírus, o retorno ás aulas acabou aumentando a taxa de mortes e de infectados. Flávio Dino não previu a data de retorno, mas adiantou que na metade do mês de junho novas medidas serão tomadas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.