Publicidade

Luís Cardoso – Bastidores da notícia

Bastidores de notícias de política, judiciário, crime e esportes.

Busca em todo o site

Bandidos tentam assaltar policial; dois morrem e um fugiu numa canoa, no Maranhão

Polícia
 
Assalto a um homem que fazia caminhada em um parque ambiental na cidade de Pinheiro não saiu exitoso. Três bandidos desceram de uma canoa vinda do rio Pericumã, se aproximaram e deram azar, pois se tratava de um policial que foi mais rápido no gatilho, sendo que dois morreram no local e um saiu ferido. Abaixo o corpo de um deles, conforme imagem do blog do Neto Weba. 

 O fato aconteceu ontem, quarta-feira, perto das 21h, quando os três bandidos desceram de uma canoa vindo pelo rio Pericumã, e anunciaram o assalto. O policial reagiu, acertando dois e um terceiro que voltou para canoa baleado e fugiu.
Os dois primeiros morreram no local e a polícia fez ontem e hoje busca para encontrar o terceiro, mas não o achou.

Elementos vão roubar, mas veículo era de policiais e bandidos foram presos no local do crime

Polícia
 

Dois desocupados, sendo um deles ex-funcionário da Cemar, chegaram em uma HB20 e quando um carro chegou ao lado com dois homens que saíram do veículo e não perceberam que o controle havia sido interceptado. No momento em que se preparavam para roubar, foram presos. Os homens eram dois policiais civis que fazem a segurança do secretário de Segurança, Jefferson Portela.  

Marcio Henrique Diniz da Silva e Carlos Antonio Andrade Silva acharam que o plano seria perfeito, mas os policiais fingiram que estavam saindo do local para entrar em uma das lojas ao redor do Papo de Boteco, na avenida Mario Andreazza, onde aconteceu o fato. Abaixo o aparelho que eles usavam para interceptar controles de veículos:

No vídeo abaixo o momento da prisão. Eles foram conduzidos para o 7º DP.

Prefeitura de Rosário realiza debate sobre a saúde da mulher

Ações
 

Na manhã desta terça-feira, gestores e trabalhadores da área de saúde, educadores e líderes comunitários se reuniram no auditório da Sede Social e Recreativa dos Servidores Públicos Municipais de Rosário, Bacabeira e Presidente Juscelino (SISMURB), onde aconteceu a I Conferência Municipal Livre de Saúde das Mulheres Rosarienses. O evento foi promovido pela Secretaria Municipal de Saúde e pelo Conselho Municipal de Saúde.

A abertura contou com a participação da prefeita Irlahi Moraes (PMDB), que destacou os trabalhos que vêm sendo realizados na saúde de Rosário. “Sabemos da luta que é trazer um bom atendimento para cidades do interior de um Estado, como é o caso de Rosário. Mas estamos trabalhando incessantemente para proporcionar dignidade à nossa população e isso tem nos proporcionado um bom momento na atenção básica de saúde”, enfatizou a prefeita.

Irlahi Moraes também destacou que a promoção da saúde passa por toda a rotina das mulheres. “Em quase 100% dos casos temos uma jornada de trabalho dupla e até tripla, daí é fundamental que tenhamos tempo para práticas saudáveis, como uma caminhada no final da tarde”.

Ao final do evento foi gerado um relatório com as conclusões dos debates.

Bandidos dominam a cidade de Carutapera e assaltos são frequentes

Política
 

Os assaltos são constantes, não escapando os lares e lojas, além de carros e motos. O domínio da cidade de Carutapera é dos bandidos. No dia 12 deste mês a população não aguentou e foi às ruas protestar, mas parece que nada adiantou.

Hoje, pela manhã, os donos da cidade assaltaram o Comercial Hilda, maior mercadinho do bairro Santa Luzia, na maior cara dura, como mostra o vídeo abaixo:

 

Os moradores de Carutapera informam uns aos outros dos assaltos pelas redes sociais com receio de sair de suas casas.

 

Familiares e amigos apontam negligência médica pela morte de jovem professora em São Luis

Política
 

Aldiony Guarin, jovem personal trainer, professora do BodyTech, faleceu ontem vítima de parada cardíaca. Alguns familiares e amigos apontoam como negligência médica. Ela chegou a ir à UPA dos Vinhais e no Araçagy e sempre era despachada a voltar pra casa, embora continuasse com dores fortes no peito e agonia.  

A professora sentiu dores e falta de ar no primeiro momento. Foi levada para a UPA do Araçagy e lá medicada e mandada para casa.

Sentiu novamente a mesma agonia e foi para a UPA dos Vinhais, onde foi novamente medicada e despachada, embora alegasse que estava sentido dores e falta de ar.

Na terceira vez, conforme informações de amigos ao blog, não resistiu e morreu antes de chegar na UPA. Eles alegam que ela estava infartando desde a primeira vez.

Fraude no sorteio das barracas do São João de Todos Nós

Política
 

O edital que regulamenta a escolha das pessoas que irão administrar barracas do São João de Todos Nós, na praça Maria Aragão, se mostrava democrático e sério não fosse o jeitinho maranhense para beneficiar apaniguados.

Contrariando as normas estabelecidas no sorteio eletrônico, dois irmãos que trabalham na Secretaria de Cultura foram agraciados, além da dona do restaurante que fornece comida para a mesma pasta.

Mais de 200 pessoas participaram, mas a ninguém foi dado o direito de reclamar ou de ao menos saber que são os sorteados. O sorteio que estava marcado para segunda-feira, só ocorreu ontem. E aquela regra de não permitir que parentes até o 3º grau pudessem participar, foi desrespeitada.

Morre em São Luís o prefeito de Presidente Vargas, Heraldo Pelúcio

Política / Prefeitos
 

Faleceu hoje em um hospital de São Luís o prefeito de Presidente Vargas, Heraldo Pelúcio, que estava enfrentando um câncer e, por último, havia se hospitalizado no UDI, conforme o Blog do Apanir Mesquita. Antes de ser empossado no cargo de prefeito, veio a descoberta da doença.

Ontem, ele teve o quadro clínico alterado para muito grave, mas dias antes os médicos já haviam informado para a família que a reversão era impossível. Por isso, familiares estavam preparados.

Wellington Uchôa, que é o vice, vai administrar a cidade.

Júnior Verde solicitará urgência na tramitação dos projetos que definem os limites da Grande Ilha

Ações
 

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) solicitará por meio de Requerimento urgência na tramitação dos três projetos de lei que atualizam e consolidam os limites cartográficos dos municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. Os três projetos receberam assinaturas de todos os membros da Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional da Assembleia, na última segunda (22).

Os parlamentares contam com a parceria dos gestores dos municípios que compõem a Grande Ilha, além de órgãos técnicos como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto Maranhense de Estudos Cartográficos (Imesc).

As propostas devem sanar conflitos ocasionados pelas indefinições das divisas entre os municípios, como a gestão fiscal, na cobrança, por exemplo, do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), pois muitas pessoas recebem boletos de dois municípios distintos. Além disso, agora será possível a efetiva prestação dos serviços públicos, que muitas vezes se tornam inacessíveis, haja vista que a comunidade não sabe a quem recorrer.

“É mais um momento histórico para a região da Grande Ilha. Estamos, de uma vez por todas, resolvendo uma problemática que já vem, há anos, prejudicando a população que vive no entorno desses municípios”, afirmou Júnior Verde.

Os projetos versam sobre a assinatura de acordos entre São Luís e São José de Ribamar; São José de Ribamar e Paço do Lumiar; e Paço do Lumiar e Raposa. Pedro Lucas Fernandes, presidente da Agência Executiva Metropolitana, disse que a redefinição facilitará os trabalhos da Agência. “A população vai ganhar muito, pois agora saberá a quem recorrer. Os gestores também vão saber até onde podem efetivar ações dentro do Governo”, frisou.

Para o prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Silva, “a Assembleia Legislativa vem fazer o seu papel de consolidação desses limites, com a Agência Metropolitana, os gestores, o Imesc e o IBGE. Ou seja, todo mundo em volta da mesma querendo a mesma coisa e o grande beneficiário é o povo da Ilha de São Luís”.

Talita Laci, prefeita de Raposa, destacou a importância do momento. “Agora cada município sabe qual o seu limite territorial. Era uma questão que já vinha sendo trabalhada há anos e não se conseguia. É um momento histórico”, afirmou.

Já Domingos Dutra, prefeito de Paço do Lumiar, ressaltou que se trata de uma definição baseada nas leis existentes, acompanhada pelo IBGE, homologada pelo juiz Madeira, da 5ª Vara, mediante parecer de uma procuradora da República. “Um acordo sólido e responsável, que vai ser fundamental para definirmos quais as responsabilidades dos prefeitos e do Governo do Estado”, complementou.

Júlio Pinheiro, vice-prefeito de São Luís e na ocasião representando o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, disse que a vontade política dos quatro gestores foi fundamental para a consolidação dos limites territoriais. “É uma vitória importante para todos os municípios, com a definição física e cartográfica da Grande Ilha, estabelecendo os limites de cada município. Isso tem um valor histórico de grande importância”, finalizou.

Deputado Zé Inácio faz indicação para implantação da UEMA Baixada

Ações
 

O deputado Zé Inácio utilizou a tribuna na segunda-feira (22) para apresentar a indicação que será encaminhada ao Governador Flávio Dino, e que solicita a adoção de estudos com vistas à criação da Universidade Estadual da Região da Baixada Maranhense – UEMA Baixada, com sede na cidade de Pinheiro.

Durante a fala, Zé Inácio abordou que são necessárias ações que venham a desenvolver mais o Estado do Maranhão, por meio da inclusão social. “Eu aproveito este momento para destacar que, fruto de alguns debates que nós já fazemos há meses, e ouvindo a comunidade acadêmica, nós apresentamos hoje a Indicação para a criação da UEMA Baixada”, disse.

A indicação tem o objetivo de beneficiar uma população de quase um milhão de habitantes da região da Baixada, em 19 municípios, além de abranger parte do território Campos e Lagos. “Esta é uma ação que vai beneficiar também grande parte dos municípios da região do alto Turi/Gurupi, e hoje nós queremos compartilhar esse sonho, que com certeza será aprovado por todos os parlamentares”, enfatizou.

O deputado também tratou sobre a importância da criação da UEMA Baixada. “Esperamos que assim como o Governador teve empenho em criar a UEMASUL, também se empenhe em criar a UEMA Baixada, para que aquela região, que também é uma das regiões mais promissoras do Estado, possa contar com o instrumento da educação universitária, proporcionando o desenvolvimento não só educacional, mas como social, tecnológico e econômico da região da Baixada”, falou.

Zé Inácio finalizou abordando os benefícios que serão proporcionados com a implantação da UEMA Baixada. “Portanto o Poder Público Estadual, com essa iniciativa, beneficiará milhares de jovens da Baixada Maranhense e toda a região, dando oportunidade de ensino aos estudantes de 25 municípios do interior do estado, levando o desenvolvimento e garantindo o avanço educacional com autonomia administrativa, orçamentária, disciplinar e pedagógica”, afirmou.

Antes de seguir para NY, Joesley Batista enviou iate de luxo para Miami

Política
 

Folha.com

Dois dias antes de embarcar com a família para Nova York em seu jato particular, o empresário Joesley Batista, da JBS, mandou para Miami seu iate de luxo.

Depois de confessar ter pago propina para políticos, incluindo o presidente Michel Temer, Joesley fez um acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República (PGR) e recebeu permissão para deixar o país.

O peemedebista tem negado envolvimento em irregularidades.

Batizado de “Why not”, o iate Azimut 100 Leonardo é um dos maiores e mais luxuosos que existia no país. É o modelo mais caro do estaleiro italiano e tem como inspiração Leonardo Da Vinci.

Danilo Verpa – 13.fev.2017/Folhapress
SAO PAULO - SP - 13.02.2017 - Entrevista Joesley Batista, dono da JBS, durante entrevista a Folha na sede da empresa em Sao Paulo. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress, MERCADO) ***EXCLUSIVO***
Joesley Batista, da JBS, durante entrevista em fevereiro deste ano

Com 30 metros de comprimento e três andares, o iate tem quatro quartos, cozinha, sala de estar integrada com o deck e banheira de hidromassagem. O empresário teria pago R$ 20 milhões pelo barco.

O caso repercutiu nas redes sociais com fotos e vídeos do iate sendo embarcados num navio.

A JBS confirmou que “a embarcação pertence a Joesley Batista” e que “saiu do porto de Itajaí (SC) com destino aos EUA”.

Segundo a empresa, “o iate vai ser reparado e colocado à venda”.

Deputados protocolam pedido de criação de CPI da JBS na Câmara

Política
 

Pedido foi referendado com 189 asssinaturas validadas, das 208 apresentadas

O Globo

JBS, no Paraná – Ueslei Marcelino / REUTERS

BRASÍLIA – Parlamentares da bancada ruralista se mobilizaram e apresentaram nesta quarta-feira requerimento para criação de uma CPI com “a finalidade de investigar as doações de campanhas feitas pelo Grupo JBS. O requerimento foi protocolado pelo deputado Cabo Sabino (PR-CE). Os parlamentares pedem a investigação das “doações de campanhas feitas pelo Grupo JBS, bem como os contratos junto ao BNDES, os crimes contra o sistema financeiro, evasão de divisas e a ingerência do referido grupo junto ao CADE. O pedido foi referendado com 189 asssinaturas validadas, das 208 apresentadas. Para pedir uma CPI, são necessárias pelo menos 171 assinaturas.

A Comissão será composta por 15 membros e terá 120 dias de prazo, prorrogáveis por igual período. Os parlamentares dizem que a JBS abasteceu as campanhas eleitorais de 1.829 candidatos de 28 partidos das mais variadas siglas, segundo as delações da cúpula da JBS.

Acuado, o presidente Michel Temer chamou a bancada do PMDB no Senado e discutiu nesta quarta-feira no Palácio do Planalto uma reação do Congresso à delação da JBS. A mais importante é a instalação da investigação parlamentar contra a empresa.

No encontro, houve duras críticas à atuação do Judiciário e à resistência do líder do partido no Senado, Renan Calheiros, em relação às reformas previdenciária e trabalhista. Temer voltou a se defender das acusações e reafirmou que “jamais” cogitou renunciar.

Um dos presentes no encontro resumiu o tom como “apoio ao governo e caça ao Renan”. Segundo um assessor, a linha de defesa do presidente, que consiste em atacar a “gravação clandestina”, foi interpretada por congressistas como um recado: com grande número de parlamentares investigados, eles também podem ser pegos de surpresa. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi criticado, e o Poder Judiciário foi chamado de “tirano”.

A reunião teve a presença de 18 dos 22 senadores peemedebistas. Este é o primeiro encontro com uma bancada de parlamentares no Palácio do Planalto desde a divulgação da conversa de Temer com Joesley Batista. Ficou acertado que haverá uma reunião no próprio Senado para avaliar se Renan será sacado da liderança. O líder do governo na Casa, Romero Jucá, foi um dos que ressaltaram esse desconforto: ele teria dito que Renan é seu amigo, mas que a posição de Calheiros chegou a um nível prejudicial. Horas depois, Renan e Jucá tiveram um embate áspero na tribuna do Senado.

Ao fim de mais de quatro horas de reunião, Temer brincou com a bancada do PMDB no Senado:

— Até dezembro de 2018 — riu, citando o período do fim do seu mandato, mostrando que pretende cumpri-lo integralmente.





  • Enquetes
    Desculpe, não há enquetes disponíveis no momento.
  • Conheça a Creche Escola Luluzinha

  • Contatos

    E-mail: [email protected]
    Telefone: 98 3236-1351
    Celular: 98 8722-6094

    Arquivos

    Posts ordenados por data de publicação.