Uma pessoa foi presa durante a operação Falsum Sit Home em São Luís
São Luís/MA. Na manhã desta quarta-feira (17/4), a Polícia Federal deflagrou a Operação Falsum Sit Home, com o objetivo de combater crimes típicos do período pré-eleitoral.

Foram cumpridas duas medidas judiciais expedidas pela 47ª Zona Eleitoral de São José de Ribamar/MA, sendo um mandado de prisão e um mandado de busca e apreensão.

Trata-se de investigação que apura um esquema de transferência fraudulenta de domicílio eleitoral por meio da apresentação de documentos falsos. Apurou-se que o alvo dos mandados é o principal responsável por recrutar eleitores e acompanhá-los ao cartório eleitoral para realizar a solicitação de mudança de domicílio eleitoral, mediante apresentação dos documentos falsos, suspeitando-se que ele seja, também, o responsável pela falsificação dos documentos.

Até o momento, foram identificados 16 eleitores que transferiram fraudulentamente seu domicílio eleitoral para São José de Ribamar/MA, com auxílio do investigado. Identificou-se ainda que o indivíduo preso foi candidato a vereador em eleição anterior, demonstrando possível interesse na manipulação do resultado do pleito vindouro.

As ações de hoje, concentradas no município de Paço do Lumiar/MA, visam assegurar a regularidade do cadastro eleitoral e do pleito que se aproxima, bem como evitar prejuízos à soberania popular.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A exuberante e carismática Paulinha Lobão foi oficializada como embaixadora da 15ª edição do São João ...
Em entrevista ao Influencer digital Bob Guerreiro, o prefeito de Tuntum garantiu que a sua obra ...
O pré candidato a prefeito de Barra do Corda-MA, Marcos Unillar, solidário aos condutores de baixa ...
O Ministério Público do Maranhão, por meio da 3º Promotoria de Justiça Regional de Defesa das ...
O ex-prefeito de São Benedito do Rio Preto-MA, Maurício Fernandes (PT), enfrenta um cenário desafiador, após ...
NOTA DE REPÚDIO O SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DE SÃO LUÍS/MA e a FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.