O Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão emitiu uma nota de repúdio que relata a traição do ex-governador Flávio Dino com a categoria. Dino deixou o cargo hoje e não cumpriu com o reescalonamento salarial para os profissionais.

Foto Reprodução

Confira a nota na íntegra abaixo.

Apesar de todos os esforços empregados pelo Sindicato dos Policiais Civis Do Maranhão, o ex Governador Flávio Dino engodou a polícia civil, levando seu secretariado a ludibriar a categoria com a expectativa de um reescalonamento salarial com o aumento dos percentuais entre referências e classes (progressões e promoções funcionais).

Foram diversos encontros e reuniões, onde foi nos informado que a mando do ex governador, nossa situação seria solucionada, e que não haveria motivo para um movimento mais radical por parte dos Policiais Civis.

Paira-se no momento um completo sentimento de desilusão, desrespeito e revolta na categoria.

O próximo governador Carlos Brandão agora pagará o preço pela incompetência e trairagem de seu antecessor.

A atual gestão do Sinpol agora tomará medidas enérgicas, para que todos saibam do jogo sujo que foi utilizado por Flávio Dino para enganar os policiais civis até seus últimos momentos no cargo, demonstrado seu total desrespeito e desvalorização a tão honrosa instituição como a Polícia Civil do Maranhão.

Klinger Lima de Moura Filho
Presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.