A empresa de distribuição de energia elétrica, Equatorial Maranhão, informou através de nota que acompanhou as investigações da Polícia Civil na operação que prendeu os funcionários da instituição por furto e venda de cabos de energia elétrica no município de Pinheiro, não compactuando com a prática. Confira a nota abaixo:

Nota de Esclarecimento

A Equatorial Maranhão informa que durante a operação conduzida pela Polícia Civil, no município de Pinheiro na quinta-feira (24), cinco colaboradores da empresa parceira responsável por algumas obras realizadas na região foram presos. A Empresa esclarece que tem acompanhado as investigações da Polícia e que a prestadora de serviços adotou as providências cabíveis ao caso.

A Equatorial Maranhão faz valer um rígido código de ética para seus colaboradores próprios e terceirizados e não compactua em nenhuma hipótese com a prática.

Assessoria da Equatorial Maranhão

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.