O prefeito do Município maranhense de Maracaçumé, Ruzinaldo Guimaraes de Melo, o Tio Gal (PL), como é conhecido, é alvo de um inquérito criminal instaurado pelo Promotor de Justiça Fábio Henrique Meirelles Mendes, por delegação do Procurador-Geral de Justiça, Eduardo Nicolau.

Prefeito Tio Gal

A abertura do procedimento,, que consta no Sistema Integrado do Ministério Público Estadual, refere-se ao repasse de verbas públicas, mais especificamente, conforme Notícia Fato, dos duodécimos requeridos pela Câmara de Vereadores de Maracaçumé.

O duodécimo corresponde aos repasses mensais realizados pelo Poder Executivo Municipal, no caso pela prefeitura,  à Câmara Municipal para realização das despesas aprovadas em seu respectivo Orçamento.

No inquérito, o representante do MPMA determinou prazo de noventa dias para conclusão das investigações sobre esses repasses por até então ‘supostas’ irregularidades.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.