NOTA DE REPÚDIO

O SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DE SÃO LUÍS/MA e a FEDERAÇÃO NACIONAL DOS JORNALISTAS (FENAJ), vem a público manifestar seu repúdio a decisão judicial proferida pela 12ª Vara Cível de São Luís, que concedeu liminar para que o Jornalista e Blogueiro Marco Borges da Silva retirasse 08 postagens veiculadas em seu blog relativas a denúncias de supostas práticas ilegais (rachadinhas) por parte de um Deputado Estadual, bem como impedindo-o de vincular/linkar matérias que digam respeito a referida autoridade.

Com o devido respeito à decisão judicial, o SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DE SÃO LUÍS/MA e a FENAJ a consideram antidemocrática e um ataque à Constituição, pelo que manifestam seu desapreço contra toda e qualquer tipo de tentativa de cerceamento da liberdade de imprensa e de expressão, seja contra jornalistas, comunicadores sociais ou veículos de comunicação, que exercem o papel de bem informar à sociedade

Ademais, a decisão em caráter liminar representou verdadeira censura à imprensa, privando a sociedade de ter acesso a informações de interesse público – eventual/suposta prática de um ilícito.

Sempre renovando as vênias, mas tal afronta à liberdade de expressão é intolerável num Estado Democrático de Direito.

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DE SÃO LUÍS/MA

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS JORNALISTAS – FENAJ


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Por Alex Ferreira Borralho “São João da Thay”. O que é isso? Seria uma tentativa de ...
Foi assassinato na tarde desta sexta-feira (14) o empresário Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como “Pacovan” ...
A Assembleia Legislativa do Maranhão realizou, nesta quinta-feira (13), uma sessão solene para conceder a Medalha ...
Na manhã desta quinta-feira(13), a desembargadora do Tribunal de Justiça - Marcia Cristina Chaves deferiu, liminarmente, ...
O Centro Histórico de São Luís sempre abrigou pontos de festejos juninos e se destacava pelas ...
Corpos foram encontrados na manhã de quinta-feira (13), nas praias de Panaquatira e da Ponta Verde ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.