Uma ação realizada pela Polícia Civil do Maranhão, neste último fim de semana, no âmbito da “Operação Paz” resultou, cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um homem, de 31 anos, investigado por torturar a enteada de 6 anos com deficiência visual, em Sorriso, cidade que fica no interior do Mato Grosso.

Delegacia Regional de ImperatrizDelegacia Regional de Imperatriz

Segundo as investigações, o crime foi descoberto no dia 15 de julho de 2021, quando policiais encontraram a menina trancada no banheiro da casa. Ela estava sentada no vaso com diversos ferimentos pelo corpo. Segundo a polícia local, a criança apresentava marcas de agressões recentes e outras antigas, em várias partes do corpo.

Na ocasião, ao perceber a presença da polícia no local, o padrasto da criança fugiu. Os policiais deram voz de prisão, em flagrante contra a mãe da criança por ser conivente com as agressões físicas e psicológicas causadas contra sua filha pelo padrasto, além de ter mantido a criança trancada dentro do banheiro no intuito de não permitir que as autoridades descobrissem o crime que o casal estava cometendo contra a criança.

No sábado, equipes de policiais civis destacadas para a “Operação Paz” na cidade de Imperatriz, conseguiram localizar o investigado que estava trabalhando em uma joalheria situada no centro do município.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.