Durante a sessão plenária desta quarta-feira (18), o deputado estadual Wellington do Curso se pronunciou sobre a atual situação do serviço de ferry boat no Maranhão.

Deputado Wellington do Curso

O parlamentar citou dois recentes episódios que comprovam a precariedade do serviço ofertado a população. O primeiro ocorreu no último domingo (15) com o ferry José Humberto, que ficou sem controle; e o outro ocorreu ontem (17) com o ferry São Gabriel que ficou à deriva e precisou ser rebocado duas vezes no mesmo dia.

Sobre o caso, o deputado Wellington citou os perigos enfrentados pela população que necessita do transporte de ferry boat e solicitou que o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) compareça à Assembleia Legislativa para prestar esclarecimentos sobre a gestão.

“No domingo, o ferry José Humberto ficou sem controle; na terça-feira, o ferry São Gabriel apresentou dois problemas técnicos. São problemas que colocam em risco a integridade física e a vida dos passageiros. Além disso, recebemos inúmeras denúncias sobre a atual direção da EMAP, entre elas a locação de um helicóptero por mais de R$ 7 milhões. Tudo isso tem que ser explicado, razão pela qual apresentei requerimento solicitando a convocação do presidente da EMAP para prestar esclarecimentos. Como deputado estadual, o meu papel é de fiscalizar. Seguirei firme!”, disse Wellington.

No requerimento protocolado hoje (18), o deputado Wellington solicita o comparecimento do Diretor da EMAP nesta sexta-feira (20), às 14:30h, na Sala de Comissões da Assembleia, para ser ouvido pela Comissão de Obras.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

No último sábado (25), Wellington do Curso (NOVO) esteve lá lançamento da pré-candidatura de Guilherme Mulato ...
Foi realizada nesta última sexta-feira (24), a abertura oficial da maior edição dos Jogos Escolares Tuntuense ...
Assim como em todos os anos, o ex-prefeito Rovélio faz a festa do Dia das Mães ...
Engana-se quem acredita que o prefeito da cidade de Pinheiro, Luciano Genésio, não fará o seu ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.