Dona Olinda Bolsonaro estava internada no Hospital São João, em Registro, no interior paulista, desde segunda-feira (17), de causa não revelada. Ela completaria 95 anos no próximo dia 28 de março.

A morte foi confirmada pelo presidenta na madrugada desta sexta-feira (21). “Com pesar o passamento da minha querida mãe. Que Deus a acolha em sua infinita bondade”, registrou Jair Bolsonaro em suas redes.O encontro entre os presidente Bolsonaro com Irfaan Ali, da República Cooperativa da Guina foi cancelado. Teria como objetivo tratar de questões de jazidas de petróleo e gás natural encontradas pela Guiana e outros itens comerciais entra as duas nações.Bolsonaro retornar agora de manhã para o Brasil e vai acompanhar o velório e enterro da genitora.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.