Tribunal de Justiça do Maranhão lamenta a morte do Sargento Antonilson Póvoas

O Presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), José Joaquim Figueiredo dos Anjos, e o Corregedor-Geral da Justiça, Desembargador  Marcelo Carvalho Silva, em nome de todos os membros da Corte, lamentam profundamente o falecimento do Sargento da Polícía Militar do Maranhão, Antonilson Póvoas, que prestava serviços profissionais na área de segurança institucional do Poder Judiciário.

Manifestam também sua solidariedade aos familiares de Antonilson Póvoas, em momento difícil de dor e tristeza pela perda do exemplar policial.

Sargento da PMMA que foi baleado ontem por assaltantes morre pela manhã no Hospital do Servidor

Urgente! Sargento da Policia Militar é baleado por assaltantes no Maiobão

Urgente! Bandidos deixam um dos assaltantes de sargento na Unidade Mista de São José de Ribamar

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Assassinato de empresário faz Fernando Pessoa adiar evento político em Tuntun

Foi cancelado o lançamento oficial da pré-candidatura a deputado estadual de Fernando Pessoa em Tuntun, que seria hoje, sábado (11). A decisão decorre da morte do empresário Nilson Santos, executado ontem por pistoleiros naquela cidade.

Mais um crime de pistolagem: comerciante é executado no interior do Maranhão

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

‘Exemplar advogado’, diz juiz Osmar Gomes sobre morte de Damasceno

Colegas de profissão e entidades de classe também se manifestam sobre o falecimento do causídico

O juiz Osmar Gomes dos Santos, titular da 1ª Vara do Júri da Comarca de São Luís, lançou nota de pesar pela morte do ex-vereador e advogado João Damasceno Corrêa Moreira (PSL). O politico que estava desaparecido desde quarta-feira (1º), foi encontrado morto na manhã de ontem (2), na foz do Rio Anil, em São Luís.

“Recebi com muita tristeza a notícia da morte de Dr. João Damasceno Corrêa Moreira, exemplar advogado criminalista do nosso Estado”, escreveu Osmar em seu perfil no Facebook.

O magistrado que também é membro da Academia Ludovicense de Letras, na manhã desta sexta-feira (03), foi à Câmara Municipal de São Luís para participar do velório para um último adeus ao ex-colega de faculdade. Na cerimônia póstuma, Osmar contou um pouco da trajetória dos dois.

“Triste por ter sido amigo de faculdade, pois, nos formamos na mesma turma em dezembro de 1986, e participamos do concurso e do curso de formação de Delegado de Polícia Civil do Maranhão. Depois nos reencontramos nas lides forenses: eu como juiz e ele como advogado”, concluiu.

UM AMIGO DE LONGAS DATAS
Outro que se manifestou sobre a morte do criminalista foi medico, advogado e jornalista João Melo e Sousa Bentiví. De acordo com Bentivi, Damasceno era um amigo de longas datas que vai deixar saudades pelas lindas lembranças que servem de consolo.

“É uma tristeza profunda. Damasceno era um amigo em comum. Nossa amizade surgiu do período em que ainda éramos vendedores ambulantes: eu no João Paulo e ele na Liberdade. Construímos uma historia de longas datas que vai deixar saudades pelas lindas lembranças que servem de consolo”, destacou Bentiví.

ENTIDADES MANIFESTAM PESAR
Entidades de advocacia também divulgaram uma nota de pesar pelo falecimento de Damasceno. A ANACRIM – Associação Nacional da Advocacia Criminal lamentou profundamente o falecimento do jurista, um dos grandes nomes da advocacia criminal do Maranhão, que ao partir, deixou lições de amizade, profissionalismo e ética. Já a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão (OAB/MA), solidarizou com familiares e amigos do advogado criminalista e ex-vereador de São Luís.

NOTA DE PESAR
A ANACRIM – Associação Nacional da Advocacia Criminal lamenta profundamente o falecimento do querido colega, Dr. João Damasceno, um dos grandes nomes da advocacia criminal do Maranhão, que ao partir, deixando-nos lições de amizade, profissionalismo e ética.

Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor.

Respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames.

James Walker Júnior
ANACRIM
Presidente

Flávia Fróes
ANACRIM
Vice-presidente

Sâmara Braúna
ANACRIM-MA
Presidente

NOTA DE PESAR
A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão (OAB/MA), vem, por meio desta, solidarizar-se com familiares e amigos do advogado criminalista e ex-vereador de São Luís Dr. João Damasceno Correa Moreira (OAB/MA 3189), falecido ontem, 01/08.(DiretCom)

Dr. João Damasceno era um profissional atuante e que muito contribuiu para a advocacia e para a sociedade maranhense. À família, aos amigos e colegas de profissão deixamos nossos votos para que todos possam seguir suas vidas confortados na fé, em momento tão difícil.

São Luís(MA), 02 de agosto de 2018

Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão (OAB/MA)

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Advogados, lideranças políticas, empresários e amigos seguem no velório de João Damasceno; enterro será às 15h

Desde ontem à noite que milhares de amigos, políticos, empresários e lideranças classistas já passaram para se despedir do Advogado criminalista João Damasceno, no plenário da Câmara Municipal de São Luís.

O enterro prossegue no mesmo local onde Damasceno ocupou por um período o cargo de vereador da capital. O enterro está previsto para às 15h no Cemitério Jardim da Paz, na estrada de São José de Ribamar.

Bazar, como era popularmente conhecido, era um advogado do povo, destemido, sempre em defesa dos mais carentes, era polêmico e muito simples.

João Damasceno morreu ontem depois de cumprir sua caminhada diária e tomar banho nas águas do rio Anil, onde aprendeu a nadar desde criança. O corpo foi encontrado boiando é reconhecido pela família, com quem o blog se irmana nesta momento difícil da vida.

Encontrado o corpo do advogado João Damasceno nas proximidades da cabeceira da ponte Bandeira Tribuzzi

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Nota de Pesar da Associação Nacional da Advocacia Criminal – ANACRIM

NOTA DE PESAR

A ANACRIM – Associação Nacional da Advocacia Criminal lamenta profundamente o falecimento do querido colega, Dr. João Damasceno, um dos grandes nomes da advocacia criminal do Maranhão, que ao partir, deixando-nos lições de amizade, profissionalismo e ética.
Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor.
Respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames.

James Walker Júnior
ANACRIM
Presidente

Flávia Fróes
ANACRIM
Vice-presidente

Sâmara Braúna
ANACRIM-MA
Presidente

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Câmara emite nota de pesar pela morte do ex-vereador Dr. Damasceno

O corpo do ex-vereador João Damasceno Corrêa Moreira foi encontrado na manhã de hoje (2), na foz do Rio Anil, em São Luís. Dr. Damasceno, que tinha 61 anos, estava desaparecido desde ontem (1º). Segundo informações de familiares, ele teria saído de casa para uma caminhada, na Avenida Beira-Mar e, em seguida, resolveu dar um mergulho na foz do Rio Anil.

Nascido em Cajapió (MA), Damasceno – conhecido por Bazar – ficou como suplente de vereador por várias legislaturas. Ele chegou a assumir o mandato na Câmara Municipal de São Luís, em novembro de 2013. Naquele ano permaneceu no parlamento ludovicense por um período de cento e vinte e um (121) dias em substituição ao então presidente da Casa, vereador Antônio Isaias Pereirinha (PSL), que havia tirado licença para tratamento de saúde.

Advogado criminalista e professor do Instituto Florence, doutor Damasceno teve uma longa trajetória política em São Luís. Ele foi secretário na gestão da prefeita Conceição Andrade e chefe da Controladoria Geral do Município na gestão do prefeito João Castelo.

Ao tomar conhecimento da informação, o presidente da Câmara, vereador Astro de Ogum (PR), divulgou nota oficial de pesar pelo falecimento do ex-colega de parlamento. Eis a íntegra da nota:(DiretCom)

Nota de pesar

É com extremo pesar e perplexidade que recebo a notícia da morte do ex-vereador João Damasceno Corrêa Moreira, 61 anos, na manhã desta quinta-feira.

Professor de História e advogado criminalista, Damasceno que era conhecido por Bazar, teve uma longa trajetória política em São Luís. Ele foi secretário na gestão da prefeita Conceição Andrade e chefe da Controladoria Geral do Município na gestão do prefeito João Castelo. No cumprimento de seu trabalho sempre se destacou pela seriedade, brilhantismo e tranquilidade na defesa dos menos favorecidos e de todas as instituições.

Trata-se de um causídico que ganhou respeitabilidade pelo senso de justiça, legalismo, equilíbrio e devoção às leis. O Maranhão, a sociedade ludovicense e o mundo jurídico perdem um de seus maiores expoentes.

Foi um homem forte e corajoso, atuou na militância política com firmeza, mas foi, sobretudo, pai e esposo extremamente dedicada aos seus entes queridos. Ele deixa um legado de independência e combatividade.

Aos familiares e amigos, em nome da Câmara Municipal de São Luís, da qual ele fez parte, manifesto minhas condolências. Que Deus lhes conforte em sua graça.

Generval Martiniano Moreira Leite
Presidente da Câmara Municipal de São Luís

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Encontrado o corpo do advogado João Damasceno nas proximidades da cabeceira da ponte Bandeira Tribuzzi

Foi encontrado agora pela manhã nas proximidades da cabeceira da ponte Bandeira Tribuzzi o corpo do advogado criminalista, professor e ex-vereador João Damasceno, mais conhecido por Bazar. Ele havia saído ontem por volta das 06 da manhã para caminhar com um amigo e decidiu tomar banho perto da ponte e sumiu nas águas.  O corpo já foi encaminhado para o IML. Conforme alguns amigos mais próximos, morreu no lugar onde aprendeu a nadar. 

Ontem, circularam comentários de que Damasceno estaria passando por estado de depressão e muitos acreditaram que ele teria se suicidado, mas familiares descartaram a versão. Atualmente Bazar era professor do Florense. Ele era natural de Cajapió e filiado ao PSL.

Por : Crystopher Plekanovsky (filho de Dr Damasceno)

O seu último dia de vida

O que você faria se soubesse que só lhe resta mais um dia de vida? Certa vez um rapaz soube disso, mas, apesar da notícia triste, se sentiu privilegiado por ter a oportunidade de planejar as suas últimas 24 horas. Ele então imaginou tudo o que deveria fazer para que aquele dia fosse perfeito. Nada poderia ser esquecido, já que ele não teria outra chance. Levantou antes do dia raiar e assistiu o Sol nascer da sua janela. Acordou os seus pais com um beijo demorado, levou sua irmãzinha ao colégio e foi para o trabalho, caminhando. Ele observou a cor do céu, o barulho do vento, o jardim florido. Fez as pazes com o colega com quem havia discutido na semana anterior e presenteou a senhora da cantina, que sempre fora tão atenciosa. Visitou a sua escola do primário e, no final da tarde, encontrou o seu melhor amigo na sorveteria do bairro. Ligou para a sua ex-namorada para saber como ela estava, relembraram bons momentos, depois se despediu e agradeceu pelos anos que passaram juntos. Jantou na casa da avó e, na volta pra casa, subiu no pé de manga no final da rua, onde ele costumava brincar nos tempos de infância. Estendeu-se no gramado e ficou observando as estrelas, ouvindo a sua banda favorita até o sono chegar. Voltou para casa e deitou-se, se sentindo completo. Os olhos fecharam-se devagar e a jornada chegou ao fim. A morte é a única certeza que temos nessa vida e, mesmo assim, vivemos como se ela nunca fosse chegar. Aquele rapaz pensava diferente. No dia seguinte, ele acordou bem cedo. Sentou-se na cama e imaginou tudo o que deveria fazer para que aquele dia fosse perfeito. Nada poderia ser esquecido, já que ele não teria outra chance. Assim ele fez dia após dia, por anos e anos e, quando finalmente acertou, já era um senhor de idade, feliz e realizado pela vida que havia construído. Partiu sereno, sem remorsos, sem mágoas, sem frustrações. Em seu velório tocaram samba, serviram pastel com caldo de cana e relembraram suas histórias. Deixou este mundo com a sensação de dever cumprido. Em sua lápide, um girassol e duas palavras cravadas em dourado: João Damasceno

Advogado criminalista João Damasceno permanece desaparecido em São Luís

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Morre médica que foi encontrada desacordada no estacionamento do Hospital UDI, em São Luís

Faleceu na madrugada de ontem, quarta-feira (18) a médica Hermanna Maranhão, de 31 anos, que foi encontrada por um vigilante no final da semana passada dentro do carro dela, no estacionamento do UDI Hospital, local onde trabalhava e era muita querida. O Blog do Luis Cardoso publicou na terça-feira que a profissional de Saúde havia ingerido medicamentos, conforme informações de colegas médicos, e que teria sofrido parada cardiorrespiratória.

Hermanna permaneceu por vários dias em estado de morte encefálica internada no segundo andar do UDI Hospital. O horário e local de enterro não foi divulgado.

Pessoa próxima da família dela publicou nas redes sociais, na terça-feira passada, desmentido de suicídio ou que a médica estaria tendo problemas depressivos. O blog publicou, segundo opinião de colegas médicos, que ela estaria com depressão e que houve tentativa de suicídio.

Abaixo o relato de alguém próximo à família de Hermanna Maranhão.

Muitos blogs noticiaram antecipadamente a morte da jovem médica radiologista Hermana da Ilha Maranhão, que teve uma parada cardiorrespiratória dentro de seu carro no estacionamento de um hospital de São Luís, sem se quer buscar a informação correta sobre o fato.

Hermana Maranhão além de médica ( trabalha em 3 hospitais) , é formada em relações internacionais e comércio exterior em São Paulo, fala fluentemente quatro idiomas,é pianista clássica e prestava serviços filantrópicos na pediatria.

Ela é muito religiosa e jamais cometeria suicídio. Todos os boatos sobre tentativas de suicídio são falsos. Hermana é casada, tem uma filha e ama a sua família ( Pai, Mãe e irmãos).

É desrespeitoso as pessoas se aproveitarem de um momento crítico de outras pessoas, para criarem histórias fantasiosas, boatos, notícias falsas e tudo isso para ganharem curtidas e compartilhamentos nas redes sociais.

Conforme informações da família, Hermana nunca foi depressiva, nunca usou medicamentos para emagrecer ou similares. É extremamente comprometida com o seu trabalho e tudo que se empenhava a fazer.

Ela está viva e luta pela vida numa UTI em São Luís. O estado é delicado sim, mas para Deus nada é impossível.

A família e os amigos pedem que as pessoas orem por ela, uma menina cheia de alegria e amor, que está passando pelo pior momento de sua vida.

Abaixo a nota do UDI Hospital

O UDI Hospital lamenta a morte precoce da médica radiologista Hermana da Ilha Maranhão, aos 31 anos, ocorrida na madrugada desta quarta-feira (18). Hermana Maranhão não resistiu, após uma parada cardiorrespiratória.

O hospital se solidariza com a familia e amigos neste momento de dor e tristeza.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deputado Antônio Pereira expressa pesar pela morte do amigo e ex-prefeito de Barra do Corda, Avelar Sampaio

O deputado Antônio Pereira (DEM) lamentou o falecimento do amigo e ex-prefeito do município de Barra do Corda, Avelar Sampaio, vítima de infarto na manhã de terça-feira (10). Veja a nota abaixo:

“Meu coração chora, juntamente com os familiares e amigos do meu eterno irmão do coração Raimundo Avelar Sampaio. Deus tomou para si esse homem valoroso que em sua vida lutou dia após dia para ajudar o próximo. Hoje, além das lágrimas, tenho gratidão a Deus pela oportunidade imensurável de ter caminhado com esse exemplo de ser humano. A tristeza nos cega e não vemos o quanto fomos presenteados com sua existência. Hoje quero aqui dizer a todos que ficam com essa eterna saudade, que nos encontraremos novamente e com certeza em um bom lugar. Raimundo Avelar foi prefeito de Barra do Corda de janeiro de 2001 a dezembro de 2004 e ainda tinha grande influência política na região. Hoje seu povo chora, obrigado meu amigo por ser sempre presente em minha vida”.

Descanse em paz!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Lançamento de pré-campanha de Rigo Teles é adiado por causa do falecimento de ex-prefeito

O deputado Rigo Teles, em nota oficial, lamentou o falecimento do ex-prefeito Avelar Sampaio, vítima de infarto hoje de manhã, e adiou o lançamento da sua pré-candidatura à reeleição, que seria feita dia 12 em Barra do Corda. O evento político, que contaria com as presenças de Sarney Filho e Victor Mendes, ficou para o dia 19 próximo. Veja a nota abaixo:

“É com o sentimento de profunda tristeza que me solidarizo com a família do ex-prefeito Avelar Sampaio, neste momento de dor e de pesar para todos nós . Rogo a Deus que em sua infinita bondade console à todos, principalmente os familiares, e em nome do atual vice-prefeito o seu filho Leandro Sampaio abraço à todos. Sei a dor que todos sentem neste momento de partida, sejam fortes na fé em Deus que tudo determina conforme a tua vontade.
Dep. Rigo Teles

Após infarto, morre ex-prefeito de Barra do Corda, Avelar Sampaio

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.