Tainá Queiroz, 18 anos, que supostamente teria sido “sequestrada” por um cantor sertanejo, e encontrada em São Luís, continua sendo notícia nacional por não aceitar voltar para o marido em São Paulo.
A Rede Record paulista vem fazendo uma campanha, através do Cidade Alerta, querendo que a jovem volta para o marido passou a esculhambar a Justiça do Maranhão e o Conselho Tutelar de São Luís que hoje abriga Tainá e a filha de oito meses.
Ela fugiu junto com a filha e o cantor Luis Fernando da cidade de Pillar do Sul (SP) no dia 03 de novembro passado para morar o sertanejo. O marido dela registrou um BO como se fosse sequestro.
Tainá alega que sofria maus tratos e passava necessidades com a filha. Mas o marido Raul Kennedy, 19 anos, quer ao menos a filha de volta e ingressou com um pedido de liminar requerendo a guarda exclusiva da criança. A Justiça do Maranhão negou.
O apresentador Luiz Bacci, ontem (06) durante o seu programa fez criticas gravíssimas contra o Conselho Tutelar, pelo fato do pai da criança não poder ir ver a própria filha. O jornalista também ameaçou o juiz do caso alertando que se algo de grave acontecer com Tainá e a menina, ” a coisa irá ficar suja e feia para o juiz e a conselheira.
Confira abaixo as ameças do apresentador:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.