Na cidade de Buriticupu (Estado do Maranhão), a população anseia pela demissão de Eduardo Guilhon, pela péssima gestão à frente de Secretaria de Saúde. Inúmeros relatos chegaram ao conhecimento deste blog sobre a precariedade na saúde pública do município, desde a falta de medicamentos no hospital, até demora nos atendimentos e problemas decorrentes da péssima atuação do secretário na área, que envolve repasse de verbas federais.

Secretário Eduardo Guilhon e Prefeito João Carlos.

Em áudio a que o blog teve acesso, uma senhora desesperada relatou que no hospital não tem nada. Aqui no hospital não tem nada, nem copo descartável, nem para fazer curativo, não tem nada, nada, mas toda noite a festa rola. Agora (quinta-feira), o prefeito vai fazer uma festona”, externa a moradora, se ferindo ao fato de que o município não tem recursos para comprar remédios, mas tem para fazer festas.

Sobre a gestão de Eduardo Guilhon na Secretaria da Saúde do Município, os vereadores Alberth Sullyvan (MDB), Alisson da Saúde (PATRIOTA) e Abimael (PDT), durante a 21° Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de Buriticupu, realizada na última sexta-feira (04 de novembro de 2022), usaram a tribuna do parlamento para fazerem críticas a situação em que se encontra a saúde pública do município de Buriticupu.

Diante de tanta precariedade na saúde a população de Buriticupu está pressionando o prefeito João Carlos, para que este faça a demissão imediata do Secretário de Saúde Eduardo Guilhon.

Vale ressaltar que Eduardo Guilhon é irmão do advogado Kássio Jorge de Carvalho Guilhon Rosa, que foi ex-procurador-geral do Município de Santa Luzia (Estado do Maranhão) e que foi alvo de uma operação ocorrida no ano de 2021 pela polícia civil, depois de tentar extorquir a prefeita de Santa Luzia (França do Macaquinho).  Eduardo também é filho da atual Diretora do Hospital do Município de Buriticupu (Cristina Carvalho), ou seja, mãe e filho tomam conta da saúde municipal.

Com receio de que o mesmo possa acontecer no seu mandato, o Prefeito João Carlos já recolheu a chave do seu gabinete.

Veja o vídeo da Sessão na Câmara de Vereadores e a imagem do dia da operação da polícia, que cumpriu mandado de busca e apreensão na residência dosadvogados Kássio Jorge de Carvalho Guilhon Rosa e Karla Janine Penha Guilhon Rosa.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.