Uma contratação direta, com dispensa de licitação, feita pela Câmara Municipal de Paço do Lumiar, no valor de quase R$ 50 mil, é alvo de investigação civil por parte do Ministério Público Estadual.

Câmara Municipal de Paço do Lumiar

Com CNPJ 26192489000134, Michelly Silva Rebouças foi contratada como fornecedora dos serviços de manutenção corretiva e preventiva de informática, de impressoras, de rede lógica e/ou sem fio, ativos de rede, assim como a criação de armazenamento em nuvem com licenciamentos em todas as máquinas, durante cinco meses. (confira abaixo)

De acordo com Representação feita junto ao MPMA existe uma eventual irregularidade na contratação da referida empresa e por esta razão a titular da Promotoria de Paço do Lumiar, Gabriela Brandão da Costa Tavernard, instaurou inquérito para apuração dos fatos, promovendo diligências, “para posterior propositura de ação judicial competente ou arquivamento dos autos”.

Foto Reprodução

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.