Cauan, de Fortaleza, estava no Ninho do Urubu quando o incêndio começou e conseguiu escapar. Ele permanece internado no hospital Barra da Tijuca. Samuel Barbosa, do Piauí, ainda chegou a inalar fumaça, mas escapou das labaredas que tomaram conta da sede de base do Flamengo.

Assim como os dois adolescentes, outros nordestinos estavam dormindo no local, mas alguns não tiveram a mesma sorte de acordar a tempo e figuram na relação dos dez mortos. O Flamengo ainda não divulgou a lista dos que faleceram.

Samuel disse que viu quando um ar condicionado pegou fogo e ainda chamou um colega. Já do lado de fora escutou uma grande explosão. O Corpo de Bombeiros chegou com atraso.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.