PRF celebra o Dia Internacional da Mulher com fiscalização voltada para o público feminino

Neste domingo, dia 08 de março de 2020, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a Polícia Rodoviária Federal promoveu ações nas Unidades Operacionais da PRF em Imperatriz, Açailândia e Porto Franco direcionadas especialmente ao público feminino que transitava pelas rodovias federais.

As abordagens e fiscalizações contaram com a participação das policiais que integram o efetivo da PRF, proporcionando às condutoras e passageiras oportunidades de conscientização sobre humanização do trânsito e o papel da mulher na polícia e na sociedade.

Na oportunidade fora entregue uma pequena lembrança, em um gesto de carinho e apreço da PRF, a todas elas que lutam bravamente pelos seus direitos e espaço na sociedade.

Fonte: PRF

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mulheres são destaques no comando dos grupos de bois em São Luís

Além de chefes de família, elas comandam a cena cultural na capital maranhense

Arrumar casa, cuidar dos filhos, gerenciar uma família, além de se dedicar ao emprego são funções que perpassam diariamente a vida de uma mulher. Desafios que encontram na labuta diária. Mas, e quando elas ultrapassam barreiras, e se tornam chefes de grupos de tradição juninos, um espaço antes ocupado quase que unânimente por homens, sejam eles, os pais, irmãos ou mesmo maridos?

Em São Luís do Maranhão, a realidade passa a se tornar diferente, ao contrário de épocas onde nem as mulheres poderiam dançar, nem tocar nos Bumba-Boi da cidade, hoje elas possuem o pleno direito e vontades de exercerem o papel de comando das manifestações culturais, fator que somente o período de São João proporciona, na valorização de mulheres atuantes nas manifestações culturais e que ajudam a consolidar a diversidade de ritmos do Maranhão.

Por isso, os trinta dias de junho é um mês sagrado. Os mais de 500 grupos de tradição cultural animam a temporada com seus ritmos e sotaques. Uma festa que começa a ser montada muito antes do início do ano, e perpassa gerações que encontraram na manifestação cultural, um legado, e a concretização de um sonho de criança virar realidade.

Um pré-aquecimento começa desde o redesenho do brilho das indumentárias, o processo de confecção, montagem; além dos ensaios itinerantes que acontecem pelos bairros da capital e do interior. Um processo que demanda tempo, investimento e paciência de todos os brincantes e colaboradores, mas todo o amadurecimento e crescimento de visibilidade de um grupo de Bumba-Boi são processados desde o nascimento dessas brincadeiras.
De um encanto de criança, nasceu no berço do bairro do São Cristóvão, um grupo de sotaque de orquestra, em 1º de maio de 1995, na rua da Pedreira, nº 90, pela então menina alcunhada por “Cileninha”, mas que na verdade tem o nome de origem, Leocilene Silva dos Santos, que tinha como maior sonho brincar num bumba-meu-boi de orquestra bem animado, formado com jovens e adolescentes, que tivesse indumentárias bonitas, coreografias diferentes e adequadas às músicas, que agradasse ao público e botasse todo mundo para dançar com toadas animadas e poesia fácil do povo aprender.

Tudo começou quando passou a reunir na porta de casa, as crianças entre 08 e 12 anos, e outras ruas de localidades vizinhas, formando um grupo com 10 vaqueiros, 10 vaqueiras e 08 índias, todos mirins e que começaram a ensaiar, passando a confeccionar suas próprias fantasias a partir de retalhos de tecidos e chapéus velhos, tendo apoio de seus pais que o ajudaram. Foi então que o Boi de Sonho se tornou realidade e hoje é um dos grupos mais esperado nas noites do São João do Maranhão com diversas apresentações durantes os meses juninos.

Cileninha é uma das mulheres de destaque que comanda um grupo que majoritariamente é envolto por homens que gerenciam os grupos culturais na cidade. Para ela, um dos desafios em exercer o papel feminino em uma brincadeira é a abertura para negociações das apresentações itinerantes, e a confiança na credibilidade de um Boi dirigido por uma mulher.

‘’Nunca sofri preconceito por ser mulher comandando uma brincadeira, mas eu sei que observando o olhar de muitos homens e mulheres mais antigos, sinto a sensação de que meu lugar deveria ser outro, ou mesmo dançando no grupo, pela ideia de mostrar o corpo, ou maquiando as meninas. Mas, eu sei que meu desafio é muito maior que isso, e os olhos da sociedade estão se abrindo para essa realidade, comandamos uma casa, e chefiar um grupo não é diferente, vejo todos os brincantes como meus filhos’’, disse a diretora do grupo Boi de Sonhos, que neste ano completa 25 anos de fundação.

Outro grupo que marca a história do boi de sotaque, e que tem mais 60 anos de existência é o Boi de Axixá que expressa através da dança, um dos grupos mais tradicionais do estado, a atração leva o título do Boi percussor de sotaque de Orquestra no Maranhão. Fundado em 1º de janeiro de 1959, por Francisco Naiva que criou o grupo muito mais por amor à brincadeira e à cultura popular.
Naquela época os grupos eram compostos por personagens soldados, caboclos de flecha, índios e campeadores, as mulheres naquele tempo eram proibidas de brincar. Depois da saída dos índios e soldados, elas foram inseridas, também como índias, sendo assim até os tempos atuais.

Um fato que a atual presidenta, Leila Naiva, filha do fundador e herdeira do grupo conhece de perto.

‘’Fui criada dentro do Bumba meu boi, e me tornei protagonista dançando e ajudando meu pai na luta de colocar o grupo em cena. Quando da morte do meu pai, restou apenas eu para tomar de conta da direção, não recuei, e como estava mergulhada no universo do Bumba meu boi, e já amava o que fazia, assumir a missão, mas é um embate diário para promover e salvaguardar a cultura e abrir novos caminhos para o fortalecimento do bumba-boi do nosso estado’’, pontuou a coordenadora do grupo Axixá.

A brincadeira é formada por 120 brincantes, entre índias, vaqueiros campeadores, vaqueiros de fita e orquestra. Segundo a diretora do grupo, muitas surpresas virão em comemoração aos 60 anos da brincadeira. “Neste ano, completamos 60 anos de muita história. Um legado deixado pelo meu pai Francisco Naiva e hoje sendo conduzido por mim, com muito amor e carinho”, disse.

Como é considerado um dos principais representantes da cultura popular, o Bumba-meu-boi de Axixá não se apresenta somente para contratantes com poder aquisitivo alto; apresentam-se sem cobrar em diversos arraiais, igrejas e comunidades carentes, a fim de promover o acesso e contato de pessoas menos favorecidas à cultura popular, visto que seus brincantes, desde sua fundação, também são pessoas simples que amam o Boi de Axixá.

CATIRINA, O DESEJO DE UMA MULHER!

No Maranhão, engana-se quem diz que o protagonista das festas juninas, é o boi. Na verdade, se não fosse o desejo da mulher Catirina o enredo seria contado de forma diferente.
A tradição histórica que data do século 18, conta a história da escrava que leva seu homem, o nego Chico, a matar o boi mais belo da fazenda para satisfazer-lhe o desejo de grávida, de comer a língua do boi. Revelado o malfeito, o Amo (que encarna o fazendeiro, o latifundiário, o “coronel” autoridade) manda os índios capturarem o criminoso, o qual, trazido à sua presença, representa a cena mais cômica da comédia, e que também apresenta uma crítica social pertinente. Uma festa que agrega música, poesia, encenação e protagoniza o gingado do Bumba Boi como o rei da grande festa.

É nesse cenário lúdico que os grupos maranhenses animam o período junino, atualmente contabiliza-se mais de 100 manifestações culturais de Bumba Boi- inspiração cultural que é tombada como patrimônio imaterial brasileiro- e musicalmente são especializados em cinco sotaques diferentes como: zabumba, orquestra, pandeirão, matraca, costa de mão e baixada), além de destacar as vestimentas específicas para cada tipo de ritmo e sonoridade.

Texto: Davi Max e Tamara Santos

Fotos: Divulgação

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mulheres de Pirapemas terão programação especial no Dia Internacional

Com o objetivo nobre de homenagear todas as mulheres pirapemenses, a aguerrida enfermeira Raphaella vai realizar uma programação especial em comemoração ao Dia Internacional em homenagens às mulheres. O evento vai acontecer na residência da enfermeira e contará com palestras, atendimentos, café da manhã e distribuição de brindes às mulheres presentes.


O evento em homenagem às mulheres é lembrado todos os anos pela enfermeira Raphaella e seus colaboradores. E este ano não teria como ser diferente, a expectativa é reunir cerca de 200 mulheres durante a homenagem.

Mulher – Guerreira do mundo

A verdadeira guerreira do mundo. A pessoa que mais luta pelos seus ideais. Aquela que move montanhas, e tudo mais que vier pela frente. Ela não tem medo. Enfrenta. Encara. Fortalece. Cada dia mais forte, cada dia mais segura de si. As mulheres mudam o mundo. Fazem o planeta girar. Fazem o sol se aquecer. Pois elas tem o poder. Tem a mão de Deus em sua criação.

Porque ser mulher de verdade é ser guerreira e batalhadora. É amar com toda a alma e lutar pela felicidade de quem se ama com toda a garra. Mulheres seguras, fortes e corajosas embelezam nossas vidas.
E nada mais justo, que um dia especial para elas!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Alema aprova projetos que concedem título de “Cidadão Maranhense” à Detinha e Josimar de Maranhãozinho

De autoria do deputado estadual Hélio Soares (PL), a Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) aprovou, na sessão desta segunda-feira (2), dois projetos de Resolução Legislativa que concedem o Título de Cidadão Maranhense ao deputado federal Josimar de Maranhãozinho e à deputada estadual Detinha, ambos do PL. Agora, as matérias irão à promulgação.

Josimar Cunha Rodrigues é natural do município de Várzea Alegre, na Região do Cariri (CE), filho de um casal de lavradores, que soube enfrentar as dificuldades do sertão cearense com muito otimismo e fé. Empresário, ele foi prefeito da cidade de Maranhãozinho (MA) por dois mandatos consecutivos. Com o nome político de Josimar de Maranhãozinho, foi deputado estadual com a expressiva votação de 99.252 votos. Atualmente, exerce o primeiro mandato de deputado federal.

“Josimar Maranhãozinho tem ocupado local de destaque no cenário político do Estado do Maranhão. Líder nato, no exercício do mandato de deputado estadual na Assembleia Legislativa do Maranhão, demonstrou responsabilidade compartilhada, por esse espírito de liderança. Foi guindado ao posto de líder do Bloco União Parlamentar (BUP), cujas votações, no Parlamento Estadual, foram importantes na aprovação de projetos em prol da sociedade maranhense”, afirmou Hélio Soares.

Detinha

Maria Deusdete Lima Cunha Rodrigues é natural do município de Carius, na Região Centro Sul Cearense do Cariri (CE). Carinhosamente chamada de Detinha, nome político, é graduada em Serviço Social. Foi secretária de Ação Social, no município de Maranhãozinho, cujo modelo de gestão a projetou para o mundo da política. Alguns anos depois, assumiu a Prefeitura do Município de Centro do Guilherme. O povo aprovou e ratificou o mandato da prefeita Detinha, que permaneceu no cargo por dois mandatos consecutivos: 2009 a 2012 e 2013 a 2016.

Detinha foi eleita deputada estadual, com 88.402 votos, e faz parte da Mesa diretora da Assembleia Legislativa. Ocupa, atualmente, o cargo de 2ª Vice-Presidente, biênio 2019 – 2020, e reeleita para o biênio 2021 – 2022.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Plenário aprova concessão de Medalha ao conselheiro do TCE Edmar Cutrim

O Plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) aprovou, por unanimidade, na sessão desta segunda-feira (2), o Projeto de Resolução Legislativa 121/2019, de autoria do presidente da Casa, deputado Othelino Neto (PCdoB), que concede a Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman ao conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e ex-deputado estadual, Edmar Cutrim.

Othelino justificou a concessão da honraria a Edmar Cutrim destacando os relevantes serviços prestados pelo conselheiro

Natural de São Vicente Ferrer, município da Baixada Maranhense, Edmar Cutrim é advogado e ex-parlamentar (1991-2000). Também ocupou o cargo de vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão de 1993 a 1995. Em 2000, foi nomeado conselheiro do TCE, ocupando o cargo de vice-presidente da Corte de Contas, no biênio 2003-2004, e eleito conselheiro presidente (2005-2006).

Othelino Neto justificou a concessão da honraria como um reconhecimento do Parlamento maranhense à trajetória profissional de Edmar Cutrim e aos seus relevantes serviços prestados em prol do Maranhão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Assembleia reconhece trabalho da professora Kátia Régis no estado e concede título de Cidadã Maranhense à educadora

A Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) concedeu, nesta sexta-feira (20), o título de Cidadã Maranhense à professora da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), Kátia Evangelista Régis, natural da cidade de Santo André (SP). A concessão da honraria foi realizada em sessão solene solicitada pelo deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB), por meio de Projeto de Resolução Legislativa. A homenageada implantou, na universidade, o curso de Licenciatura Interdisciplinar em Estudos Africanos e Afro-brasileiros, do qual atualmente é coordenadora.

O deputado Duarte Júnior disse que fez a homenagem à professora por conta do pioneirismo do trabalho da educadora no Estado, em prol do movimento negro. “É uma justa homenagem, nesse momento que se faz necessário reafirmar as garantias sociais e os direitos fundamentais que estão previstos na Constituição Federal. A professora Kátia desempenha há mais de dez anos um excelente trabalho na Ufma, garantindo o empoderamento, os direitos das pessoas negras e a preservação das culturas africanas, muito importante para nosso Estado”, afirmou.

De acordo com o parlamentar, o pedido veio dos alunos e professores da Universidade Federal. O deputado também foi aluno da homenageada, quando realizou o mestrado em Políticas Públicas na Ufma.

A professora agradeceu ao deputado Duarte Júniuor pela deferência. “Após residir por dez anos no Maranhão, é uma grande honra e um orgulho para mim e para minha família receber esse reconhecimento da Assembleia Legislativa. Isso é fruto do trabalho coletivo que temos desenvolvido pela licenciatura Estudos Africanos e Afro-brasileiros da Ufma, uma iniciativa pioneira no país, que tem tido, nos últimos anos, uma repercussão nacional e internacional por conta da inovação que estamos realizando nessa graduação”, disse a professora, que é também é doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Estavam presentes na solenidade professores, familiares e representantes do movimento negro, além de diversas autoridades, entre eles o secretário estadual de Igualdade Social, Gerson Pinheiro, que no ato representou o governador Flávio Dino (PCdoB); o secretário de Relações Parlamentares de São Luís, Nonato Chocolate; a pró-reitora de Ensino da Ufma, Isabela Ibarra; o coordenador do Centro de Cultura Negra do Maranhão, Luís Alves Ferreira; a professora de Licenciatura de Estudos Africanos, Maria da Guia Viana; a coordenadora do Núcleo Interdisciplinar de Estudos  Africanos e Afrobrasileiros, Sidinalva Câmara; e o coordenador do Núcleo de Estudos Africanos da Ufma, Carlos Benedito Rodrigues.

Também estiveram presentes os professores Claudimar Durans e Roberto Santos, todos destacando o trabalho da colega homenageada.

A professora Kátia Evangelista Régis mudou-se para o Maranhão para lecionar no curso de Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Humanas, no Campus da Ufma em Pinheiro. Na instituição, a educadora passou a desenvolver ações de ensino, pesquisa e extensão sobre o ensino da História e Cultura Africana e Afro-Brasileira. Em 2014, realizou pesquisa de pós-doutorado na PUC-SP, em parceria com a Universidade Pedagógica de Moçambique.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Senador Roberto Rocha Recebe título de Cidadão Balsense

Nesta última sexta-feira, 20, o senador Roberto Rocha (PSDB) recebeu Moção de Aplauso e Título de Cidadão Balsense, concedido pela Câmara Municipal de Balsas/MA. A homenagem foi concedida em razão dos inúmeros trabalhos realizados pelo senador maranhense em benefício do município e de toda a região Sul do estado.

O vereador Gilson da Bacaba, autor do projeto que concedeu a honraria, explicou que a homenagem é um reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo senador à cidade. Ele ressaltou que o senador Roberto Rocha é um dos parlamentares que mais têm contribuído para o crescimento do município.

“Estamos muito felizes e agradecidos ao senador Roberto Rocha, que é um político atuante e que tem ajudado muito o município de Balsas e toda a região. Para nós é muito importante termos um senador da República presente e com a certeza de que sempre podemos contar “, disse.

Entre as ações do senador Roberto Rocha em benefício de Balsas, o vereador Gilson da Bacaba fez questão de destacar a obra de infraestrutura da Orla do Rio Balsas, que está sendo executada pela Prefeitura, com recursos da União, na ordem de 12 milhões, destinados por Roberto Rocha. “A ampliação da orla é uma grande conquista possibilitada pelo senador, ao povo de Balsas”, afirmou.

Roberto Rocha disse que receber o Título de Cidadão Balsense e Moção de Aplauso é uma honra e motivo de muito orgulho. “Agradeço a todos os vereadores pelo reconhecimento e confiança em meu trabalho. Agradeço especialmente ao vereador Gilson da Bacaba, que foi o autor do projeto que me concedeu essa linda homenagem. Tenham certeza de que sempre estarei contribuindo com o meu mandato no Senado Federal para o desenvolvimento desta cidade que eu tenho muito carinho e que é tão amada e querida por todos nós”, afirmou.

Ações do senador para Balsas– Outra obra estruturante realizada via emenda do senador Roberto Rocha para Balsas é o projeto de saneamento básico para o município. Em 2018 foi assinado um contrato para elaboração do projeto de Saneamento Básico, passo inicial para que a cidade seja a primeira no Maranhão com 100% de água e esgoto tratados, em um projeto que gradativamente evoluirá para asfalto com drenagem e tornará a cidade um modelo de urbanização. O senador também assegurou para Balsas, a inclusão em um arrojado projeto que prevê a implantação de um novo e moderno Aeroporto.

Para a comunidade agrícola, com a destinação de recursos à Embrapa, o parlamentar possibilitou a construção da Unidade de Beneficiamento de Pescados em Balsas. Também por meio de emendas à Codevasf, o senador Roberto Rocha tem beneficiado inúmeras comunidades agrícolas do município, com kits de irrigação e implantação de perímetros irrigados.

Para a comunidade acadêmica, o parlamentar assegurou recursos financeiros para a conclusão e ampliação do Campus da UFMA.

Na área da saúde foi assegurada a ampliação do Hospital Balsas Urgente (Dr. Rosy Kury) e equipamentos. O hospital foi agraciado também com um Centro de Diagnóstico. Outra conquista para a cidade foi uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e uma Van para transporte eletivo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.