Educação melhor avaliada e em evolução. Mais uma conquista do prefeito Edivaldo Holanda Junior, que refere ao desempenho dos alunos do 1º ao 9º ano da rede municipal de ensino, no nível de proficiência média em língua portuguesa-leitura. O resultado, apontado pelo Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Caed), foi divulgado em artigo do prefeito Edivaldo, publicado no Jornal Pequeno, na edição deste domingo (31). O artigo destaca ainda investimentos realizados pela gestão na área.

A avaliação positiva é fruto de ações de impacto como o aumento de professores na rede, a partir de concurso público, a reforma e ampliação de escolas e a implantação de programa para capacitar continuamente os professores. “Sabemos que há muito por ser feito, mas os resultados positivos comprovam que a educação da rede pública municipal está no caminho certo. Traduz os esforços para que se possa manter uma educação de qualidade aos alunos da rede”, pontuou o prefeito Edivaldo Holanda Junior.

O estudo do Caed aponta, em uma escala de zero a mil pontos – escala própria de alfabetização formulada pelo Caed – que o 1º ano, por exemplo, teve um crescimento de 471.3, em 2017, para 511.2. Já o 2º ano passou de 524.4 para 582.8, e o 3º ano cresceu de 572.5 para 623.4. A evolução em língua portuguesa do 5º ao 9º anos também apresentou resultados positivos. Considerando uma escala de zero a 500 pontos, o 5º ano subiu de 168.0 para 186.0; a 7ª série passou de 195.6 para 206.1; e o 9º ano saiu de 224.7 para 235.5.

Conhecendo a importância para avaliação para alcance de resultados positivos, a gestão Edivaldo criou o Sistema Municipal de Avaliação Educacional de São Luís (Simae), que avalia, entre outras, as habilidades do aluno de ler informações em tabelas, resolver problemas, interpretar gráficos e localizar uma informação no texto. “Esse reforço no quadro de profissionais é muito importante e contribuir para a continuidade na melhoria do ensino, além de fortalecer a rede e oferecer novas oportunidades de trabalho”, destacou o prefeito.

Outra série de medidas da Prefeitura de São Luís se somam para elevar a qualidade da educação, integrando o programa municipal Educar Mais. A rede municipal vai contar com mais profissionais, a partir de autorização já assinada pelo prefeito. Serão convocados mais 268 professores, 30 cuidadores da Educação Especial e 10 monitores do transporte escolar aprovados no concurso público da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Ainda no conjunto de iniciativas estão oportunidades de formação continuada aos professores; disponibilidade de novos recursos em sala de aula, como os kits pedagógicos do programa Protegendo Sonhos, fruto de parceria da gestão com a Fundação Abrinq, entregues nessa semana para a qualificação da leitura, escrita e matemática; qualificação para a Educação Especial; reforma de mais de 160 unidades de ensino; e modernização das escolas com equipamentos de informática e instalação de internet.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.