Durante a sessão plenária desta quarta-feira (29), o deputado estadual Wellington do Curso utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão para fazer mais uma grave denúncia sobre o que tem ocorrido no Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran/MA). Ocorre que, dessa vez, o Detran descumpriu decisão judicial que determinava a suspensão da licitação com a BR Terceirização e insistiu em homologar a contratação com a BR Terceirização no valor de R$ 11.247.000,00.

Foto Divulgação

De acordo com o deputado Wellington, isso é fruto de uma política do governador Flávio Dino de constante descumprimento de decisões judiciais, razão pela qual afirmou que levará o descumprimento ao conhecimento do Judiciário.

Existe uma decisão judicial que suspende a licitação com a BR Terceirização. Ainda assim, o Detran, com a anuência do governador Flávio Dino, homologou um contrato equivalente a mais de R$ 11 milhões. Claro e evidente descumprimento de decisão judicial. O Detran descumpre decisão judicial e insiste em contratar BR Terceirização. É vergonhoso que o Estado do Maranhão persista descumprindo decisões judiciais. A verdade é que Flavio Dino tem usado o Detran como cabide de emprego para ter uma militância política. Isso é vergonhoso! Seguimos firmes na fiscalização com o zelo de sempre pelos recursos públicos que, infelizmente, tem sido desviados do seu fim no Maranhão”, disse o deputado Wellington.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O Blog do Domingos Costa confirmou agora a noite que o empresário Sandro Schons não resistiu a ...
Leia Mais
Em um grande reunião realizada neste sábado (13), em São Luís, o líder político Dr Hilton ...
Leia Mais
No município de Peritoró, Região dos Cocais, os produtores rurais já estão sentindo os efeitos do ...
Leia Mais
ATUAL 7 Desembargadores da Primeira Câmara Criminal da corte entenderam que Vara de Organizações Criminosas não ...
Leia Mais
Uma tentativa de assalto na Avenida Contorno Leste, no bairro Cohatrac, em São Luís, na manhã ...
Leia Mais

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.