Um homem de identidade não revelada foi preso ontem e encontra-se recolhido e uma cela da Delegacia da Mulher Brasileira, e São Luís. Ele vinha agindo desde 2019 no Parque da Reserva do Itapiracó, local onde pessoas costumam praticar caminhadas.

Com duas prisões decretadas, uma temporária e outra preventiva, o tarado roubava os celulares das mulheres indefesas e as arrastava para uma área de matagal, onde cometia os estupros.

Durante a prisão na casa do criminoso, à rua Estrada da Vitória, próximo ao Itapiracó, policiais encontraram aparelhos celulares e alguns objetos de mulheres.

Um vítima esteve na Delegacia da Mulher Brasileira e reconheceu o elemento e seu aparelho que havia sido roubado. Hoje o bandido prestará depoimento, oportunidade que outras vítimas terão para reconhecer o estuprador e reforçar as denúncias, com a identidade preservada.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.