As investigações apontam que Maria da Graça Mendes e seu marido Jesuíno Mendes foram vítimas de latrocínio, roubo seguido de morte. O caseiro, que trabalhou na fazenda do casal, fazia parte de um bando de assaltantes que teve o seu armamento apreendido pela polícia na semana passada na região de Turiaçu.

O bando que era comandado por um indivíduo identificado como Fabio da Conceição Cardoso, vulgo Fabinho, obteve a informação através do ex-funcionário das vítimas, que haviam armas de fogo dentro da propriedade. Os criminosos se dirigiram até a fazenda e executaram primeiro Jesuino com tiro nas costas e logo em seguida entraram na casa e assassinaram com requintes de crueldade Maria da Graça, com pauladas e facadas.

Fabinho foi morto após confronto com policiais. No início da manhã de hoje (15) um homem que não teve a identidade revelada, foi preso junto com um menor de 18 anos. Estão foragidos ainda dois homens e uma mulher, que são apontados como comparsas da quadrilha.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.