Durante boa parte do mês de maio, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) executou a operação Rotas da Amazônia – Guardiões do Bioma nas rodovias federais do Maranhão. A operação começou no dia 10 de maio e se encerrou no dia 31 com foco nos crimes ambientais, mas também registrou outros crimes como veículos adulterados e infrações de trânsito específicas, como excesso de peso.

Foto Divulgação: PRF

Nos 21 dias de operação, foram apreendidos 422m³ de madeira ilegal passando pelas rodovias maranhenses, sendo a divergência entre as informações declaradas na documentação e a carga transportada a irregularidade tipificada na Lei dos Crimes Ambientais mais comum.

A operação Guardiões do Bioma se concentrou especialmente na região da Amazônia Legal do Maranhão, na parte ocidental e sul do estado, registrando 14 pessoas detidas em flagrante e encaminhadas para a polícia judiciária.

Apesar do foco em crimes ambientais, as equipes da PRF também flagraram mais de 23 toneladas de excesso de peso, infração administrativa que danifica o pavimento das rodovias. Também foram recolhidos 20 veículos sem condições de circulação e recuperados dois veículos com registro de roubo ou furto.

Este é o segundo ano da Operação Guardiões do Bioma, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, ao qual a PRF é vinculada, tem ainda a atuação da Polícia Federal, Ibama, ICMBio, Corpo de Bombeiros Militares e polícias civis.

Outros números da Operação Guardiões do Bioma da PRF-MA:

16 comprimidos de anfetaminas (“rebite”) apreendidos
1 motorista profissional retido para descanso obrigatório
542 procedimentos de fiscalização a veículos
843 horas de serviço

Foto Divulgação: PRF

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.