Márcio Cruz, 19 anos, atraiu para sua casa a ex-namorada e lá ainda tentou a reaproximação do relacionamento. Como a mulher recusou, foi iniciada uma sessão de torturas que durou 5 horas, com  cortes no corpo, fazer a vítima engolir urina dele e comer bosta de cachorro. 

(Foto: Ministério Público do Estado do Pará)
O cenário da  crueldade foi na cidade paraense de Ananindeua. Ele iniciou as torturas com uma barra de ferro quente, raspou os cabelos da ex-namorada, fez uma marca da letra M no testa da vítima, colocou água de sabão nos olhos e a fez engolir fezes de cachorro. Ele filmou o estado em que ficou a vítima e mandou o vídeo para os familiares dela.
E ainda mandou o seguinte recado que  “eu só não te matei mesmo, vagabunda, porque tua vida vale menos que merda e minha liberdade, sua rata”. Márcio foi preso ontem quando a Justiça atendeu a um pedido do Ministério Público.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.