Durma-se com um barulho desse em plena São Luís de século 21! Na Câmara municipal da capital do Estado do Maranhão vereador não pode ser criticado sob pena de quem o criticou não ter mais acesso às dependências daquela Casa. É o cúmulo do ridículo! 

Vejo em alguns blogs ( a maioria não reagiu com receio de perder a parceria) que o jornalista Vinícius Maldine Vieira criticou o vereador Aldir Júnior e quando chegou ao prédio da Câmara foi despejado por seguranças por ordem do político.

O vereador precisa entender que a sede do parlamento municipal não é de sua propriedade. Segundo, ele estar vereador e pode ser até que não se reeleja em 2024. Já o jornalista em questão será jornalista até o final dos seus dias. Eis a diferença.

O Comitê de Imprensa da Casa deveria reagir a esse tipo de censura ou a Associação dos Blogueiros do Maranhão (Amablog) ou o Sindicato dos Jornalistas de São Luís poderiam repudiar tal atitude.

Caso não reajam, amanhã serei eu, alguns outros ou todos nós. Pelo fim da censura na Câmara Municipal de São Luís! Viva a Liberdade de Imprensa!


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A Justiça decretou a prisão de Renato Duque, ex-diretor da Petrobras, condenado a 98 anos em ...
O município de Lago da Lago da Pedra esta sendo advertido pelo Tribunal de Contas do ...
A operação Frequência Limpa fechou três rádios e prendeu dois indivíduos em flagrante  A Polícia Federal ...
O advogado maranhense Alex Ferreira Borralho enviou a Promotoria de Justiça de Tucuruí (estado do Pará), ...
Volta às atividades está marcada para o dia 6 de agosto. Durante o recesso, uma comissão ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.