Fracassa a tentativa do PCdoB de censurar o Blog do Jorge Aragão

Jorge Aragão

Ao que parece o PCdoB, partido do governador Flávio Dino, estava imaginando que o Maranhão é uma Venezuela ou uma Coreia do Norte, onde a imprensa não pode ‘ousar’ questionar as decisões governamentais.

O PCdoB tentou censurar o Blog do Jorge Aragão pela postagem “A cara de pau sem limites do governador Flávio Dino”, postada no 19 de julho de 2018. Os comunistas alegavam que o Blog estava fazendo propaganda eleitoral negativa e, pasmem, teria cometido o crime de calúnia.

Entretanto, o Blog do Jorge Aragão na postagem questionada, apenas e tão somente retratou fatos e documentos que além de públicos eram notórios. A matéria foi postada baseada em um ofício do Hospital Aldenora Bello e declarações/cobranças do deputado estadual Eduardo Braide (PMN).

Só que a tentativa de censurar o Blog do Jorge Aragão, com o pedido de retirada da postagem, foi negada veementemente pela Justiça Eleitoral. Os comunistas sofreram três derrotas.

A primeira negativa foi feita em caráter liminar pelo juiz eleitoral Alexandre Abreu. Depois foi a vez do Ministério Público Eleitoral, através da PRE, se manifestar e afirmar que “… que o feito não se caracteriza como propaganda eleitoral negativa, muito embora desborde da boa educação na adjetivação, mantendo-se nos limites da crítica política, ainda que negativa, que deve ser tolerada pelos agentes que almejem mandato político”.

Por fim, na segunda-feira (07), o juiz relator Alexandre Abreu reafirmou o posicionamento do MPE e julgou improcedente o pedido, determinando o arquivando da ação do PCdoB.

Outra curiosidade é que a ação movida pelo PCdoB contra o Blog do Jorge Aragão, foi feita pelo escritório do advogado Carlos Lula, atual secretário de Estado da Saúde, mas isso é assunto para uma outra postagem.

O Blog do Jorge Aragão reafirma o compromisso de manter a mesma linha editorial durante as eleições 2018, mas sem jamais burlar a legislação eleitoral vigente, o que, infelizmente, não fez o ex-juiz eleitoral e atual governador Flávio Dino, tanto que já foi multado pelo Justiça Eleitoral.

Vamos em frente e abaixo à censura, afinal estamos no Brasil, não na Venezuela e/ou Coreia do Norte.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Blog permanece liderando em acessos no Maranhão e entre os mais lidos do Nordeste

Gráficos do Google Analytics apontam que o Blog do Luis Cardoso se mantém na liderança com folga desde 2013. Portanto, cinco anos. Agora, nos primeiros cinco meses de 2018, os registros mostram 6.384.177 de visualizações de páginas e 5.559.859 páginas únicas. ” Prova de que somos o mais lido pela credibilidade e rapidez das notícias do Maranhão”, disse o jornalista Luis Cardoso.

Veja o detalhamento do último mês de maio e o total dos cinco meses deste ano:

Acessos em maio: visualizações de página 1.303.799. Visualizações de páginas únicas 1.151.834

Acessos  cinco primeiros meses: visualizações de página 6.384.177. Visualizações de páginas únicas 5.559.859

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Blog entra 2018 com mais de 1 milhão de acessos em janeiro

Como sempre, há mais de cinco anos, o Blog do Luis Cardoso lidera o ranking no Maranhão e dos blogs independentes fechou 2017 com o mais lido no Nordeste. São mais de 1 milhão de acessos por mês, como comprova o Google Analytics, a ferramenta mais confiável na medição de audiência dos sites e blogs. Hoje mesmo o blogueiro Gilberto Leda revelou e um grupo de imprensa que obteve 10 milhões de acessos em 2017, enquanto Luis Cardoso chegou próximo de 14 milhões. Abaixo o gráfico de janeiro de 2018:

Conforme os números do Google Analytics, em 2017 o Blog do Luis Cardoso alcançou índices inéditos no Maranhão, mais de 13 milhões, o que comprova que é o site mais acessado do estado, tendo o segundo lugar Gilberto Leda com menos de 70% dos leitores aqui alcançados. O Blog da Riquinha que deixou polêmicos e simples assim para trás.

Veja abaixo o gráfico:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.