Desde segunda-feira, dia 18, que viraliza na internet um áudio em que um pai de aluno informa a existência de ameças de um estudante da mesma escola para promover massacres e mortes no colégio. 

Antes, porém, escolas particulares em São Luís trataram de reformar o sistema de segurança próprio, com contratação de mais vigilantes armados, a exemplo do Upaon Açu e outras. Enquanto isso na escolas públicas não existem seguranças.

Veja abaixo o áudio de desespero do pai de aluno do Educator no Angelim:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.