O prefeito de São Luís e o novo diretor do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), coronel-engenheiro Fernando Benitez Leal, se reuniram na manhã desta terça-feira (3), para tratar sobre parceria institucional entre o órgão e a Prefeitura de São Luís, que promovam o desenvolvimento de infraestrutura, econômico, social e do turismo da região.

A passagem do cargo de diretor do CLA aconteceu em janeiro deste ano e a reunião realizada hoje foi a primeira visita de cortesia do coronel-engenheiro Fernando Benitez Leal ao prefeito Eduardo Braide. Também estiveram presentes, o tenente-coronel Adones Lukiasnki; o secretário Municipal de Segurança com Cidadania, Marcos Affonso Júnior; o secretário-adjunto de Governo, Emílio Murad; e o suboficial Alves.

“A Prefeitura de São Luís está sempre aberta ao diálogo e a parcerias que possam contribuir para o desenvolvimento da nossa cidade. O crescimento do CLA, em Alcântara, trará muitos benefícios para o turismo, a economia e o desenvolvimento social de São Luís. E com isso quem ganha é a nossa população que terá uma cidade com mais inovação, serviços, empregos novos gerados e, sobretudo, com mais qualidade de vida”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

O diretor do CLA informou que grande parte dos funcionários do Centro moram em São Luís e consomem os serviços prestados na cidade. “Por causa dessa relação é importante que a Prefeitura de São Luís e o CLA estreitem cada vez os laços institucionais, principalmente para parcerias em infraestrutura que facilitem a logística para os funcionários do CLA e que também trarão benefícios para a cidade em atividades, como o turismo. E por meio das prefeituras de São Luís e Alcântara, buscar parcerias com outros órgãos em busca de novos investimentos que tragam melhorias para a toda a região”, disse o coronel-engenheiro Fernando Benitez Leal.

Um dos temas debatidos foi a necessidade de um novo porto de passageiros entre as duas cidades que atenda à demanda, com infraestrutura moderna e ampliando a oferta de horários para a travessia. Uma das possibilidades discutidas para a construção do porto foi a captação de recursos junto ao Governo Federal já que se trata de um alto investimento.

No entanto, se concretizado os ganhos para o turismo na região também seriam altos já que hoje os horários de travessia variam conforme a maré. Com um novo porto, seria possível planejar de forma mais ordenada a logística para uso civil e militar.

Ao final da reunião, o diretor do CLA, coronel-engenheiro Fernando Benitez Leal, entregou ao prefeito Eduardo Braide uma moeda da Força Aérea Brasileira, que simboliza um laço de amizade formado entre quem presenteia e o presenteado. Segundo o diretor do CLA, a entrega da moeda é uma forma de oficializar a relação cada vez mais próxima entre as duas instituições.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.