O prefeito Edivaldo Holanda Junior reinaugurou, nesta terça-feira (11), a Unidade de Saúde da Família da Vila Sarney que passou por uma reforma estrutural e ganhou novas instalações, ampliando a capacidade de atendimento na atenção básica às comunidades do entorno. Esta é a terceira unidade entregue dentro de um amplo pacote de reformas iniciadas no segundo semestre de 2019 em mais de 20 unidades de saúde.

As requalificações integram um macroprograma de reestruturação da rede municipal de saúde iniciada na gestão do prefeito Edivaldo. Na segunda-feira o prefeito entregou 18 novas ambulância para o atendimento de pacientes entre unidades de saúde da capital como parte das ações de melhoria do sistema de saúde.

Durante a reabertura da Unidade de Saúde da Família da Vila Sarney, o prefeito Edivaldo destacou que as reformas integram as ações de reestruturação da rede municipal de saúde da capital. “Estamos iniciando uma série de reinaugurações que faremos ao longo deste semestre, ao mesmo tempo em que reforçamos as ações para melhorar e ampliar o atendimento nas unidades de maior porte como os Socorrões I e II e os hospitais da Mulher e da Criança. Ao longo da minha gestão, também reestruturamos o Samu, que tinha apenas uma ambulância e agora são 12 veículos, e o Cemarc, acabando com as filas que começavam desde a madrugada. Estamos informatizando as unidades de saúde, fazendo a aquisição de novos equipamentos e insumos, modernizando nossa estrutura e aperfeiçoando fluxos para melhorar e ampliar o atendimento à população”, disse o gestor municipal.

O chefe do executivo municipal compareceu à reinauguração da Unidade de Saúde da Família da Vila Sarney acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda; do vice-prefeito, Julio Pinheiro; do secretário Municipal de Saúde, Lula Fylho; do presidente do Instituto Municipal de Paisagem Urbana, Fábio Henrique Carvalho; e de lideranças comunitárias.

REFORMA

O vice-prefeito, Julio Pinheiro, destacou que a Prefeitura de São Luís tem trabalhado para aumentar a efetividade do atendimento em saúde. “Toda a rede de saúde de São Luís está sendo reestruturada e aperfeiçoada. As frotas de ambulâncias estão sendo renovadas, as unidades de saúde estão passando por reforma, ganhando novos equipamentos, ofertando novos serviços, os profissionais estão sendo constantemente qualificados. É um amplo programa que abrange todos os setores da saúde para fortalecer a rede de atendimento à população”, disse.

APROVAÇÃO

Quem busca atendimento médico na Unidade de Saúde da Família da Vila Sarney aprovou a reforma. Foi o caso de Lélia da Silva Barros, 69 anos, que participa do grupo Viver bem, que atende a mais de 50 idosas da comunidade com atividades recreativas, esportivas e assistência médica multidisciplinar. “Nosso posto de saúde estava precisando mesmo de uma reforma. Agora a gente vai ser bem melhor atendido e não vai precisar buscar atendimento fora do nosso bairro”, disse.

Já Maria da Páscoa Almeida, 73 anos, que pelo menos uma vez por mês vai à unidade para fazer o acompanhando do seu quadro de hipertensão, ficou satisfeita com os novos serviços que passarão a ser ofertados. “Agora a gente tem um consultório de dentista no centro de saúde, que era uma coisa que a gente estava precisando muito. Só essa mudança já é um grande benefício”, comentou.

PACOTE DE OBRAS

A reinauguração da Unidade de Saúde da Família da Vila Sarney faz parte de um pacote de reformas que estão sendo executadas em mais de 20 unidades de saúde de São Luís, contemplando desde a atenção básica até as unidades de maior porte, incluindo outros equipamentos da área como a Ouvidoria da Semus e Escola Técnica do SUS. Os trabalhos integram o programa São Luís em Obras.

O secretário Municipal de Saúde, Lula Fylho, informou que pela primeira vez é executado um programa deste porte na capital e frisou que tratam-se de obras estruturantes. “Não estamos fazendo serviços de manutenção. Todas as unidades a serem entregues estão passando por obras em toda a parte elétrica, hidráulica, revisão do telhado, pintura entre outras melhorias. A reforma dos centros possibilitará a melhoria do atendimento e o fortalecimento do trabalho desenvolvido na área da atenção básica, que promove ações de proteção da saúde, prevenção de doenças, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde. Em algumas das unidades, a ampliação da estrutura permitirá a execução de novos serviços”, informou.

Ainda em 2019 foi reinaugurado o Centro de Saúde Genésio Ramos, que passou por uma reforma completa, incluindo a ampliação da estrutura física e a aquisição de novos equipamentos. Também foram entregues alas do Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura (Socorrão II) que foram reformadas e a Ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.